Roberta Miranda lembra como conheceu Marília Mendonça, a quem considerava uma filha: veterana passou mal ao saber da morte

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Pioneira no sertanejo feminino, Roberta Miranda sempre afirmou a mulher como sujeito dentro de um universo dominado pelo machismo. Esta talvez seja a principal característica que une a arte da cantora de 63 anos à obra de Marília Mendonça, que morreu aos 26 anos num desastre aéreo na última sexta-feira, dia 5, considerada pela veterana como uma “sementinha” que levava a mensagem adiante. Mas a mulher representada nas canções de Marília não é a mesma das músicas de Roberta. Embora ainda sofra por amor, não precisa mais do papel masculino para se sentir completa.

Marília Mendonça: Cabo é encontrado enrolado em hélice do avião onde estava a cantora

Choque: Advogado de Marília Mendonça diz que encontrou celulares da cantora ainda recebendo mensagens

Explicação: Assessoria de Marília Mendonça se pronuncia sobre informações equivocadas divulgadas logo após acidente

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos