Cantor de forró é assassinado após show no dia do próprio aniversário, em Manaus

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O cantor de forró Romário de Jesus Santiago Costa, de 27 anos, morreu após ser baleado na madrugada desta quinta-feira em Manaus. Conhecido como "Bruxo do Amazonas", o músico foi alvo de tiros depois que saiu da comemoração do próprio aniversário.

Romário era vocalista da Banda "Forró di Respeito". Além dele, uma outra pessoa também foi baleada. Trata-se do seu tecladista, de 24 anos, que foi atingido com um tiro de raspão na cabeça.

O artista chegou a ser socorrido. De acordo com o jornal Em Tempo, ele morreu após cerca de quatro horas de cirurgia no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto.

O tecladista não soube informar a quantidade de criminosos que abordaram as vítimas. Os dois estavam a caminho da casa do sobrevivente, segundo o jornal A Crítica. Procurada pelo Extra, a Polícia Civil informou que ainda não há registro de boletim de ocorrência sobre o caso.

Romário tem 119 mil seguidores no Instagram. Ele havia passado pelas bandas Rabo de Vaca e Forró Festança, e tinha o sonho de gravar um CD. Em suas redes sociais, ele havia postado várias homenagens recebidas pelo aniversário. Após a divulgação de sua morte, as mensagens passaram a ser de pesar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos