Cantor sertanejo é preso por estuprar enteada; ela tinha 4 anos no primeiro abuso

·1 min de leitura
O cantor Rodolfo foi preso suspeito de estupro em Maceió (foto: reprodução)
O cantor Rodolfo foi preso suspeito de estupro em Maceió (foto: reprodução)

Resumo da Notícia:

  • Rodolfo ficou conhecido ao fazer dupla com Hugo; eles faziam shows no Nordeste do país

  • O artista foi preso em sua casa em Maceió e, segundo a polícia, admitiu ter cometido os crimes que é acusado

  • Segundo a Polícia Civil ele abusava sexualmente da enteada há cerca de 10 anos

A prisão do cantor Rodolfo, que fazia dupla com Hugo, chocou o mundo da música nesta sexta-feira (17). O artista foi acusado pela Polícia Civil de Maceió, em Alagoas, de estuprar a enteada pelos últimos 10 anos. Hoje a jovem tem 14 anos.

Segundo informações publicadas pelo “G1”, o cantor admitiu o crime que era acusado e afirmou agir sob efeito de drogas aos policiais que cumpriram o mandado de prisão preventiva. O crime foi denunciado pela mãe da jovem após a filha relatar que era supostamente abusada desde os 4 anos.

“Segundo o que a mãe dela relatou para a polícia, ela não sabia que os abusos aconteciam, só descobriu agora, porque a adolescente não aguentava mais a situação e contou para ela”, afirmou Alan Barbosa, chefe de operações da Delegacia de Crimes Contra a Criança e o adolescente (DCCCA) ao “G1”.

Detido na Casa de Custódia da Central de Flagrantes I, ele deve permanecer no local até a audiência de custódia, onde a prisão pode ser relaxa ou não. No caso da negativa, o artista será encaminhado ao presídio. O Yahoo! tentou contato com os números disponíveis nas redes sociais, mas não tivemos retorno.

Por quase 10 anos, o tempo dos abusos da enteada, ele fez dupla com o cantor Hugo. A presença deles em bares e eventos menores de Alagoas era frequente e buscada pelos admiradores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos