Cantor sertanejo é condenado a prisão por estuprar enteada por 10 anos em AL

Cantor foi condenado por estuprar a enteada por 10 anos - Foto: Getty Images
Cantor foi condenado por estuprar a enteada por 10 anos - Foto: Getty Images
  • Cantor foi condenado a 28 anos de prisão por estuprar repetidas vezes a enteada

  • A garota relatou que foi vítima das violências do padrasto dos 4 aos 14 anos

  • Ele está preso desde o ano passado, quando confessou os crime

Um cantor sertanejo foi condenado a 28 anos, cinco meses e seis dias de prisão na última quarta-feira (25), em Maceió-AL, por estuprar a própria enteada durante uma década. As informações são do G1.

A decisão foi tomada pelo juiz Ygor Vieira de Figueiredo, da 14ª Vara Criminal da Capital. Não foram informados maiores detalhes sobre o processo.

Rodolfo Santoro foi preso pela Delegacia de Crimes Contra a Criança e o Adolescente (DCCCA) em dezembro do ano passado, quando assumiu a autoria dos estupros.

A denúncia foi feita pela mãe da garota. A vítima, então com 14 anos, contou que era abusada pelo padrasto desde os 4.

“Segundo o que a mãe dela relatou para a polícia, ela não sabia que os abusos aconteciam, só descobriu agora, porque a adolescente não aguentava mais a situação e contou para ela”, contou, na época, o chefe de operações da DCCCA, Alan Barbosa.

Crimes aconteciam em casa

De acordo com os relatos, os estupros aconteciam na casa da família, onde viviam Rodolfo, a esposa, a enteada e uma filha do casal.

A garota explicou aos policiais que deixava de comer para ficar “magra e feia” e deixar de chamar a atenção do criminoso.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos