Cantor sertanejo morre aos 19 anos com tumor cerebral

·1 min de leitura

Conhecido como Daniel Viola, o cantor sertanejo Daniel Frandolozo, de 19 anos, morreu esta semana após ser diagnosticado com um tumor cerebral. Após alguns dias em coma em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), ele não resistiu à doença. O velório foi na última quarta-feira.

Morador de Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá, capital do Mato Grosso, o rapaz fazia vários shows pela cidade tocando moda de viola. A doença foi diagnosticada em maio deste ano. Amigos de Daniel chegaram a fazer uma vaquinha para custear uma cirurgia de remoção do tumor, mas a biópsia mostrou que era um tipo de câncer muito agressivo.

Segundo a sua irmã, apesar da gravidade do caso, ele ainda conseguia realizar alguns movimentos três meses após descobrir a doença. Sua consciência ficou preservada, mas o cantor só se comunicava através de gestos.

Nos dois últimos meses, o câncer se espalhou e Daniel não conseguiu fazer uma segunda cirurgia para a retirada do restante do tumor. Os custos hospitalares ficaram em mais de R$ 250 mil e, além da vaquinha online, a família do rapaz vendeu pastel, galinhada, rifas e realizaram lives solidárias para conseguir arrecadar e pagar as cirurgias. Com a repercussão da campanha e a ajuda dos amigos, a família de Daniel conseguiu pagar o valor de todos os custos hospitalares.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos