Cantora e pastora Ludmila Ferber morre aos 56 anos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Morreu na última quarta-feira, dia 26, a cantora gospel e pastora Ludmila Ferber. A artista tinha 56 anos e lutava contra um câncer de pulmão desde 2018. A causa exata e o local da morte não foram divulgados, mas a informação foi confirmada pela gravadora dela, a Sony Music, que publicou uma nota via redes sociais em homenagem à artista:

"Infelizmente a nossa guerreira Ludmila Ferber nos deixou, mas aqui fica o seu legado, suas canções, seu exemplo, sua tenacidade, seu propósito, sua luta, sua fé, sua arte, sua poesia e sua história! Nossos sentimentos aos familiares. Que Deus console a todos que de alguma forma conviveram com nossa querida pastora! Agora já pode parar de lutar. Descanse em paz!".

O prefeito e governador do Rio de Janeiro, Eduardo Paes e Cláudio Castro lamentaram a perda da cantora e prestaram suas homenagens.

"Tenho certeza que essa música vai renovar as suas forças para continuar a jornada... Mas lembre-se, busque a Face de Deus!! Dele vem o nosso fôlego de vida!’ Meus sentimentos aos amigos, familiares e a enorme legião de fãs da pastora Ludmila Ferber", escreveu o prefeito.

"Não desista, não pare de crer, os sonhos de Deus jamais vão morrer.’ Para nós que acreditamos na ressurreição, a morte é o retorno para casa, perto do Pai. Deixo minhas condolências aos amigos e familiares da pastora Ludmila Ferber. Que Deus traga conforto neste momento", disse o governador do Rio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos