Cantora Luana Belli faz sucesso na Itália com ritmos brasileiros

·2 minuto de leitura

Com ritmos e um suíngue tipicamente brasileiros, Luana Belli vem conquistando a Itália. Ela começou a vida artística ainda na adolescência e foi dançarina de várias bandas musicais na cidade em que morava. Aos 18 anos, foi rainha do Carnaval de Cataguases, Minas Gerais, sua cidade natal. Ascendendo na carreira musical, a cantora, que sempre foi apaixonada por funk, mudou-se para o Rio em 2004 e, aos 19, adotou o nome de artístico de MC Luana. Mas, durante uma viagem, se apaixonou por um italiano e se casou por lá. O casamento não durou muito, mas o sonho e a vontade de se manter por lá foram mais fortes do que voltar ao Brasil. Em 2009, criou o projeto Funk In Itália, misturando as batidas de funk brasileiro com a tarantela italiana. Ali nascia a música de mesmo nome: a Funk In Itália. Foi nessa mesma época que seu DJ lhe sugeriu que usasse o nome artístico Luana Absoluta, para que ficasse como a única no país, título que ela mantém até hoje.

Em 2010, editou a música" Bota Tudo na Poupança", na Furacão 2000. No mesmo ano, conheceu o jogador de futebol Ronaldinho Gaúcho, que virou frequentador dos shows realizados por Luana, em Milão, na Itália. Em 2017, foi convidada pela RTB Canale 72, atualmente chamada LATV Canale 72. O convite era para apresentar o programa de televisão chamado "Festa Brasileira", que tinha como objetivo mostrar a diversidade da cultura musical brasileira.

Em 2020, finalmente, a cantora passou a se chamar Luana Belli. A mudança do nome artístico aconteceu para que os italianos pudessem entender melhor a pronúncia, já que Belli é um sobrenome italiano. Atualmente, ela trabalha um estilo musical que mistura um pouco da batida do funk com uma pegada pop, criando um som que agrada a várias culturas.Trabalho que ela tem mostrado em suas redes sociais