Ícone do sertanejo feminino, cantora Marília Mendonça morre em acidente de avião

·2 min de leitura

(Reuters) -Ícone do sertanejo feminino e uma das cantoras mais populares do Brasil, Marília Mendonça morreu na queda de um avião de pequeno porte nesta sexta-feira no interior de Minas Gerais.

A aeronave caiu no meio da tarde numa área de cachoeira em Piedade de Caratinga. A cantora, que tinha 26 anos, seguia para apresentações na região.

A morte da artista, vencedora de um Grammy Latino em 2019 e que deixa um filho de menos de dois anos, gerou forte comoção entre fãs, artistas e até entre políticos.

O motivo para a queda da aeronave ainda está sendo investigado, mas, segundo autoridades aeronáuticas, o bimotor estaria com documentos em dia.

As primeiras informações apontavam que Marília teria sido resgatada com vida que e que passava bem. Mas logo em seguida veio a confirmação da morte da cantora, do tio dela, do produtor, do piloto e do copiloto.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta, ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais", informou a corporação.

A polícia mineira também confirmou a tragédia, assim como a assesoria da cantora.

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e copiloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos.", informou a assessoria da cantora.

Equipes de resgate e peritos estavam no local da queda da aeronave em busca de informações que possam ajudar no esclarecimento do acidente.

COMOÇÃO

Marília Mendonça tinha 38 milhões de seguidores no Instagram. Entre seus sucessos estão "Infiel" , "Supera" e "Eu Sei de Cor".

Em 2019, a cantora foi agraciada com um Grammy Latino de Melhor Álbum de Música Sertaneja com o projeto "Em todos os cantos". Nos últimos anos, ele vinha sendo uma das cantoras com maior número de visualizações no país em redes sociais.

O presidente Jair Bolsonaro foi um dos que se manifestou no Twitter.

"O país inteiro recebe em choque a notícia do passamento da jovem cantora sertaneja Marília Mendonça, uma das maiores artistas de sua geração, que com sua voz única, seu carisma e sua música conquistou o carinho e a admiração de todos nós", disse.

Admirador de Marília Mendonça, o cantor Caetano Veloso também lembrou no Twitter ter citado a artista em seu mais recente álbum.

"Agora fiquei sabendo que, na verdade, ela morreu no acidente. Estou chorando. Acho que nem posso acreditar", disse.

(Reportagem de Rodrigo Viga Gaier e Ricardo Brito)

(Edição de Alexandre Caverni)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos