Cão escapa de abrigo para tentar encontrar mulher que o alimentou uma única vez

Reprodução/AbbeyBoyd
Reprodução/AbbeyBoyd

O filhote de pastor alemão Ted criou um grande laço com a voluntária da Sociedade de Proteção as Animais, Abbey Boyd, da cidade de Yellowknife, na Califórnia, e tudo devido a algumas tiras de bacon e queijo que a mulher dava para ele.

Ted foi levado para o ONG na última sexta-feira, dia 27, pois estava sozinho perambulando pelas ruas. Aterrorizado com a nova moradia, o cãozinho se recusava a sair do seu canil.

Em um esforço para fazer amizade com o filhote, Abbey alimentou-o com alguns petiscos com sabor de bacon que haviam no abrigo de animais. Depois de falar com outros funcionários sobre a possibilidade de construir uma “casinha” maior e mais confortável para Ted, Abbey foi para casa.

No dia seguinte, a mulher foi trabalhar. No fim da tarde ao voltar para casa, ela notou um cachorro sentado na sua varanda e latindo em sua direção. Assustada, ela decidiu esperar que o animal saísse de lá. Alguns minutos se passaram e nada do bicho sair. Abbey decidiu enfrentar o medo e foi até lá. Ao chegar perto do bichinho, ela notou uma marquinha próxima ao focinho do cão e percebeu que era Ted, o pastor alemão do abrigo.

Segundo a ONG, Ted fugiu do canil e farejou Abbey por mais de 3 quilômetros até encontrar a casa dela.

A mulher já planejava adotar um cão e ficou comovida com o empenho do novo amigo. Na verdade, ela acredita que tudo isso tenha sido uma espécie de “sinal” para que eles fiquem juntos. Em entrevista a rede de tv CBC, Abbey contou que Ted já faz parte da família e que ela vai adotá-lo. Isso sim é amor à primeira vista.

Com informações do Good News Network.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos