Cão viaja cinco dias para reencontrar tutora no Ceará

·3 minuto de leitura
Maria da Paz reencontrou Mailon após seis meses sem ver o animal
Maria da Paz reencontrou Mailon após seis meses sem ver o animal
  • O cão Mailon, que comoveu as redes sociais, reencontrou a tutora no interior do Ceará

  • O animal chegou a ficar mais de um mês em frente à casa da dona, que havia se mudado

  • A viagem de Praia Grande (SP) a Ibiapina (CE), para o reencontro do cão e sua dona, durou cinco dias

O cachorro Mailon, que comoveu as redes sociais por ter passado mais de um mês aguardando a tutora em frente à casa onde ela morava, a reencontrou em Ibiapina, no interior do Ceará. O animal estava sob os cuidados de duas amigas, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O cão viajou durante cinco dias e percorreu mais de 3 mil quilômetros de estrada em um táxi dog interestadual para rever a dona, Maria da Paz.

Mailon foi acolhido pela operadora de telemarketing Helen Baum e sua amiga, Miriam Reis, após descobrirem que ele estava morando em frente à antiga casa da dona, com o risco de ser agredido pela vizinhança. Em seguida, a dupla localizou a tutora.

Leia também

"Logo após o resgate, ela enviou vídeos, mandou fotos com ele no colo, para provar que realmente era tutora dele. Ela estava bem abalada e contou que, durante a pandemia, estava passando por dificuldades financeiras e teve que voltar para a cidade dela no Ceará. Como não tinha dinheiro para levar o cachorro, deixou ele com familiares e foi para o interior do estado com o marido", explicou Helen em entrevista ao portal G1.

Helen e Miriam arrecadaram dinheiro para levar Mailon até a cidade da dona. A passagem aérea custaria R$ 2.600. A dupla fez rifas, pediu ajuda a familiares, recorreu às redes sociais e contou com a colaboração da tutora, Maria da Paz, que também fez rifas em Ibiapina.

Após dois meses de arrecadação, as amigas alcançaram o valor de R$ 1.600. Para agilizar o reencontro, a dupla conheceu o serviço de táxi dog interestadual e resolveu entrar em contato com uma empresa. A viagem, que foi realizada com uma van, custou R$ 2 mil.

"Ainda faltavam R$ 400, mas nós planejamos parcelar no cartão e continuar pedindo ajuda para pagar o restante", relatou Helen ao portal G1. Mailon saiu de Praia Grande em 17 de julho em uma van climatizada, com mais três animais.

Mailon chegou a Fortaleza no dia 22. A tutora utilizou o dinheiro arrecadado em rifas para custear a ida dele até Ibiapina. "Foi muito emocionante, eu chorei muito, até hoje falo no assunto e me emociono, porque a gente acaba se apegando. Satisfazer o desejo do Mailon de encontrar a dona dele não tem preço, nós não paramos até alcançar esse objetivo, é um sentimento que não dá para descrever, foi indescritível", disse Helen.

Maria da Paz esclareceu ao portal G1 que não deixou Mailon em Praia Grande por opção. Segundo ela, o cão faz parte da família desde quando nasceu, há cinco anos. No início deste ano, ela estava passando por dificuldades financeiras e precisou voltar para o Ceará.

Maria ficou sabendo sobre a situação do cão pelo irmão, após ele comentar o que as pessoas estavam dizendo nas redes sociais. "Me esculacharam, chorei das quatro da tarde até uma hora da manhã quando soube. Fiquei procurando pelas pessoas que estavam cuidando dele, para contar a minha versão, porque eu não o abandonei. Fiz um vídeo pedindo ajuda para trazê-lo, porque eu não tinha dinheiro nem para comprar uma passagem, quem dirá para trazer ele", desabafou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos