Capes estende bolsas de mestrado e doutorado por até três meses

BRASÍLIA- A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) decidiu estender por até três meses o período de concessão de bolsas de mestrado e doutorado em todo o país. A medida é uma tentativa de reduzir o impacto da paralisação de atividades ocasionada pela pandemia nos projetos de pesquisa em curso.

Além disso, a Capes decidiu que não levará em consideração os indicadores de tempo de obtenção dos títulos de mestre e doutor para avaliar os programas de pós-graduação do período de 2017 a 2020. Segundo o órgão, o objetivo é não prejudicar a nota dos programas que foram afetados pela pandemia.

O órgão orientou ainda que os programas prorroguem o tempo máximo de conclusão dos cursos de maneira excepcional.

— Essa medida é importante para assegurar a continuidade de pesquisas interrompidas que demandam atividades práticas, sejam em laboratório ou de campo — afirmou o presidente da instituição, Benedito Aguiar.

Para que as bolsas sejam prorrogadas as próprias instituições de ensino deverão registrar o pedido no sistema da Capes. O órgão explica que as bolsas não podem ser prorrogadas para um período além da titulação dos estudantes.

De acordo com a Capes, a extensão do prazo é uma opção para auxiliar cursos que tiveram que cancelar atividades por não ser possível desenvolver pesquisa à distância, como é o caso de formações que dependem de acesso a laboratórios. Também se enquadram nã medida os cursos que não conseguem acessar as instalações das unidades de ensino ou "outros contratempos ligados à Covid-19".