Novo presidente da Capes defende discutir o criacionismo em oposição à teoria da evolução

Debora Álvares
Novo presidente da Capes, Benedito Aguiar, defende teoria criacionista em contraponto a evolucionismo.

O novo presidente da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Benedito Guimarães Aguiar Neto, é defensor da teoria do Design Inteligente, uma nova vertente do criacionismo, em contraponto à teoria da evolução. A nomeação foi publicada nesta sexta-feira (24) no DOU (Diário Oficial da União). 

A Capes é uma das principais agências de fomento à pesquisa do País e está ligada ao Ministério da Educação. No ano passado, sofreu com corte de gastos que, agora em 2020, foram novamente reduzidos. 

Em outubro de 2019, à frente da reitoria da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Aguiar promoveu um seminário com o bioquímico norte-americano Michael Behe, considerado um pioneiro da Teoria do Design Inteligente (TDI).

“Queremos colocar um contraponto à teoria da evolução e disseminar que a ideia da existência de um design inteligente pode estar presente a partir da educação básica, de uma maneira que podemos, com argumentos científicos, discutir o criacionismo”, afirmou Benedito Aguiar na ocasião

Em países como Reino Unido, é proibido ensinar teoria do design inteligente ou criacionismo como teoria científica em escolas e universidades. No Mackenzie, Benedito Aguiar anunciou a ampliação dos estudos do chamado design inteligente.  

Esse termo tem sido usado nas discussões que tratam do tema na educação. Seus defensores dizem que a teoria de Darwin, que fala em evolução das espécies, não é suficiente para explicar a origem da vida. Embora haja resistência, o design inteligente tem em seus alicerces uma forma moderna de argumentos teológicos. 

Quem é o novo presidente da Capes

Aguiar ocupava a reitoria do Mackenzie desde 2011. Ele é formado em engenharia elétrica pela Universidade Federal da Paraíba, doutor na área pela Technische Universität Berlin, na Alemanha, e tem pós-doutorado pela Universidade de Washington, nos EUA. 

No âmbito educacional, atuou em entidades representativas do setor,...

Continue a ler no HuffPost