Capitã Cloroquina coloca participação em atos antidemocráticos em currículo

·1 min de leitura
A secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como capitã cloroquina, em depoimento à CPI da Covid. Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images.
A secretária do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, conhecida como capitã cloroquina, em depoimento à CPI da Covid. Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images.
  • Atualização foi feita no currículo Lattes

  • Capitã cloroquina é Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde

  • Ela incluiu ida aos atos de 7 de setembro como "produção técnica"

Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde, conhecida como "capitã cloroquina", colocou em seu currículo Lattes - que serve para divulgar atividades acadêmicas - sua participação nos atos antidemocráticos do 7 de Setembro do ano passado.

Mayra ganhou o apelido por ser uma fervorosa defensora do medicamento hidroxicloroquina no tratamento da covid-19. O remédio já teve sua ineficácia comprovada cientificamente.

A secretária colocou os atos na seção de “produção técnica” da plataforma do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), área em que pesquisadores incluem entrevistas, mesas redondas, programas e comentários na mídia dos quais participaram.

A plataforma Lattes é o principal repositório de dados sobre cientistas e grupos de pesquisa do país.

Manifestação de 7 de setembro

O dia 7 de setembro de 2021 foi marcado por diversos atos a favor e contra o governo de Jair Bolsonaro (PL). A bolsonarista Mayra Pinheiro compartilhou na época mais de 20 publicações no Instagram defendendo os atos pró-governo, que foram marcados por pautas antidemocráticas, como a derrubada do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso.

Em maio, a secretária deu depoimento à CPI da Covid, quando admitiu que o Ministério da Saúde contrariou as evidências científicas e recomendou o uso de remédio ineficazes para combater o novo coronavírus.

Em outros depoimentos à Comissão, testemunhas revelaram que Mayra Pinheiro defendeu a cloroquina dias antes do colapso do oxigênio em Manaus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos