Capital paulista deverá instalar 400 jardins de chuva até 2024

·1 min de leitura

A prefeitura da capital paulista deverá instalar até 2024 cerca de 400 jardins de chuva no município. O espaço serve para ampliar a permeabilidade do solo e minimizar os efeitos de alagamentos, permitindo um maior escoamento das águas das chuvas. Desde 2017, já foram implantados 163 jardins, 47 deles em 2021.

“Além de aumentar as áreas de drenagem e deixar a cidade mais bonita, com os jardins, elevamos o índice de cobertura vegetal no município”, disse o prefeito, Ricardo Nunes. Segundo ele, a obra é simples em comparação à construção de piscinões. “E por estar em várias áreas da cidade, tem uma eficiência muito boa”, acrescentou.

De acordo com a prefeitura, além de coletar e reter temporariamente a água, os jardins deixam a cidade mais florida e atraem mais pássaros. A administração municipal ressalta ainda que os equipamentos filtram os poluentes da água da chuva por meio da vegetação evitando assim que fluam para rios e córregos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos