Capital paulista registra mais de 350 pontos de aglomeração na noite de sábado

Giuliana de Toledo
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - Em meio ao feriado prolongado decretado para conter os casos de Covid-19, a cidade de São Paulo registrou na noite deste sábado mais de 350 pontos de aglomeração. Esses locais, informa o governo estadual, receberam equipes da vigilância sanitária que dispersaram o público.

Além desses 352 pontos, foram vistoriados 196 estabelecimentos. Por descumprimento das regras da fase emergencial, que vigora em todo o estado, 26 deles terminaram autuados.

Segundo o Comitê de Blitze de São Paulo, foram ainda encerrados dois eventos na região do Brás, bairro na região central da capital paulista. Ambos aconteciam na rua Doutor Costa Valente. Os responsáveis foram levados para uma delegacia e autuados por infração de medida sanitária.

O número de pontos de aglomeração identificados mais que dobrou entre a sexta, primeiro dia do feriado, e o sábado. Na noite dia anterior haviam sido dispersados 102 locais. A quantidade de estabelecimentos autuados também foi menor na sexta: três, contra os 26 do sábado.

Na sexta, entre as ações, houve o fechamento de uma casa noturna que promovia uma festa clandestina. Eram esperadas 250 pessoas nessa balada no centro da cidade.

Balanço

De acordo com dados da vigilância sanitária estadual, de 1º de julho de 2020 a 24 de março de 2021 foram 230.515 as inspeções realizadas. As autuações somam 5.019.

O trabalho, que ocorre em parceria com o Procon, com as polícias Civil e Militar e com Guarda Civil Metropolitana, é feito com a ajuda de denúncias. O telefone 0800-771-3541 recebe notificações 24 horas por dia, assim como o e-mail secretarias@cvs.saude.sp.gov.br.