Capital paulista registra queda de até 90% nos casos de infecção hospitalar em 14 anos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O número de casos de infecção hospitalar na da capital paulista caiu 90,4% em 14 anos. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde e dizem respeito ao período entre 2005 e 2019 —levantamento mais recente. Os dados consideram hospitais públicos e privados com UTI para adultos na cidade de São Paulo.

Segundo a pasta, os casos de infecção primária da corrente sanguínea caíram, em média, 90,4%. Os de infecção do trato urinário associada ao uso de cateter vesical de demora, 74,6%, e os de pneumonia associada a ventilação mecânica apresentaram queda de 63,1%, em 126 hospitais públicos e privados com UTI adulto localizados na capital.

A secretaria atribui a redução à melhor educação sobre o assunto, ao treinamento e à capacitação de profissionais da área realizados pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) de cada hospital, além de ações desenvolvidas pelo Núcleo Municipal de Controle de Infecção Hospitalar (NMCIH), da Divisão de Vigilância Epidemiológica (DVE) da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa).