Capriles fala em ‘autogolpe’

O Governo brasileiro qualificou como ‘golpe’ a proposta do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, de convocar uma Assembleia Constituinte ‘popular’, com legisladores que não serão escolhidos pelo voto universal. A declaração se alinha ao discurso de opositores como Henrique Capriles.