Carille entra no top 10 de técnicos com passagens mais rápidas na história do Brasileirão de pontos corridos; veja ranking

Demitido nesta quarta-feira pelo Athletico Paranaense após uma goleada de 5 a 0 sofrida para o The Strongest, em jogo válido pela fase de grupos da Libertadores, o técnico Fabio Carille entra para um ranking negativo do Brasileirão: o de passagem relâmpago pelos clubes.

"Vim ao clube empolgado para trabalhar, organizar essa equipe que pode render muito mais, porém não houve tempo para isso", disse o treinador em publicação no Instagram. Na passagem pelo Athletico, foram sete jogos, quatro derrotas e três vitórias, em 21 dias: Carille foi o tecnico com passagem mais rápida pelo Furacão.

No Campeonato Brasileiro, Carille fica mais atrás nessa colocação. Na liderança, está Mario Sérgio, que ficou à frente do Botafogo por pouco mais de uma semana. À época, ele substituiu Cuca, que pediu demissão após derrota e eliminação do Glorioso para o River Plate, na Sul-Americana.

Com nove dias no cargo, Mário Sérgio sofreu três derrotas e deixou o posto depois da derrota por 2 a 1 para o Santos, no atual Estádio Nilton Santos. Depois da saída de Mário Sérgio, quem assumiu o posto foi... Cuca, o mesmo que havia saído para sua chegada.

Ocupando a segunda colocação está o maestro Júnior, que dirigiu o Corinthians por 10 dias em 2003. Após derrota por 6 a 1 para o Juventude, Geninho deixou o cargo e foi sucedido pelo ex-jogador e ídolo do Flamengo. Estreando com vitória, Júnior fez mais dois jogos (esses com derrotas) e ele mesmo pediu demissão do clube. O motivo foi, em nota divulgada à época, a "pequena margem de melhoria" e por não se ver "com meios de dar um retorno positivo à diretoria e à torcida".

*Analisados todos os times da Série A desde 2003. Só valem demissões ou pedidos de saída em temporadas que o clube estava na Série A

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos