Carlos Bolsonaro critica operação contra fake news: “Qualquer um desconfie que seja proposital”

Carlos Bolsonaro, son of Brazil's President-elect Jair Bolsonaro, is pictured during his visit to the Superior Court of Labour in Brasilia, on November 13, 2018. - Brazil's President-elect Jair Bolsonaro takes office on January 1, 2019. (Photo by Sergio LIMA / AFP)        (Photo credit should read SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)
Carlos Bolsonaro condenou ação da Polícia Federal contra fake news (Foto: Sergio Lima/AFP via Getty Images)

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) criticou a operação da Polícia Federal contra fakenews que foi deflagrada na manhã desta quarta-feira. Entre os alvos dos mandados de busca e apreensão estão aliados do presidente Jair Bolsonaro, como Luciano Hang, Roberto Jefferson e o blogueiro Allan dos Santos.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

“O que está acontecendo é algo que qualquer um desconfie que seja proposital”, escreveu Carlos Bolsonaro nas redes sociais. “Querem incentivar rachaduras diante de inquérito inconstitucional, político e ideológico sobre o pretexto de uma palavra politicamente correta?”

O filho do presidente ainda afirmou que quem está rindo da situação “não entende o quão em perigo está”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

A operação da Polícia Federal é parte do inquérito do Supremo Tribunal Federal sobre fake News. O relator do caso é o ministro Alexandre de Moraes.

Leia também

Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão. As ordens judiciais estão valendo no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso, Paraná e Santa Catarina.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.