Carlos Bolsonaro ataca Mourão no Twitter e intensifica tensão na ala militar

Equipe HuffPost

Carlos Bolsonaro, filho do presidente e vereador pelo Rio de Janeiro, atacou o vice-presidente Hamilton Mourão em uma publicação realizada no Twitter na noite desta sexta-feira (3). Carlos insinuou que Mourão conspira para tirar seu pai da presidência. No atual contexto, comentário agrava tensão no governo.

O comentário vem em momento inoportuno e tenso na ala militar do governo - a qual Mourão pertence -. Este segmento vem tentando contornar os conflitos de Bolsonaro com governadores e o ministro da Saúde na crise do coronavírus.

O vereador reproduziu uma postagem de Flávio Dino (PCdoB), governador do Maranhão, na qual ele relatava uma reunião virtual do Conselho da Amazônia com Mourão. O encontro, realizado com todos os chefes estaduais da região, aconteceu na última quinta-feira (2).

“O que leva o vice-presidente da república se reunir com o maior opositor SOCIALISTA do governo, que se mostra diariamente com atitudes totalmente na contramão de seu Presidente?”, escreveu Carlos.

Na imagem publicada pelo filho do presidente Jair Bolsonaro, Dino afirma que teve uma “reunião com diálogo técnico, respeitoso e sensato. Claro que Mourão não é do meu campo ideológico. Mas, se Bolsonaro entregar o governo para ele, o Brasil chegará em 2020 em melhores condições.”  

Mais tarde, após a repercussão negativa da mensagem publicada na rede social, Carlos criticou os jornais. “Uma pessoa que se dá ao trabalho de tirar conclusão em cima de 3 linhas ignorando as outras 5 escritas é digno de trabalhar em qualquer órgão da maioria da imprensa”, escreveu no Twitter.

Continue a ler no HuffPost