Carlos Bolsonaro perde um terço dos votos de quatro anos atrás

ITALO NOGUEIRA
·1 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), perdeu mais de 30% dos votos que recebeu há quatro anos, quando foi o mais votado para a Câmara Municipal do Rio de Janeiro. Ele recebeu neste domingo (15) 71.000 votos. Há quatro anos, foram 106.657. Além de perder 33,5% dos votos, Carlos também perdeu a liderança na votação para a Câmara. Ficou atrás do vereador Tarcísio Motta (PSOL), que obteve 86.243. O fato de sua mãe, Rogéria Bolsonaro (Republicanos), ter disputado parece ter pouca influência no resultado. Ela obteve apenas 2.034 votos.