Carlos Bolsonaro precisa de paz e luz, diz bolsonarista atacado pelo filho do presidente

·2 min de leitura
***FOTO DE ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, 20.02.2019 - Ao centro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente da República, na Câmara dos Vereadores, no Rio de Janeiro, durante votação de vetos do prefeito Marcelo Crivella. (Foto: Filipe Cordon/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** RIO DE JANEIRO, RJ, 20.02.2019 - Ao centro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente da República, na Câmara dos Vereadores, no Rio de Janeiro, durante votação de vetos do prefeito Marcelo Crivella. (Foto: Filipe Cordon/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado bolsonarista Carlos Jordy (PSL-RJ) disse à reportagem que o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) precisa de "muita paz e luz" e que ele acredita que "ideias" que não correspondem com a realidade estão sendo "plantadas na cabeça" do filho de Jair Bolsonaro (PL).

Os dois se desentenderam no Twitter nesta segunda (3) após Jordy postar um vídeo em que cobra empenho do presidente para que os bolsonaristas consigam eleger mais deputados e senadores.

Jordy chegou a responder uma primeira postagem do vereador em que o 02 de Bolsonaro diz saber "como esses agem" e classifica a publicação do vídeo pelo parlamentar como "inacreditável".

"Não entendi sua crítica. Então agora, desde 2016 ao lado do seu pai, sou traidor? Era só o que me faltava, xará", respondeu o deputado.

Entretanto, Carlos Bolsonaro insistiu na briga e numa sequência de publicações chegou levantar a possibilidade do uso de droga pelo parlamentar.

"É cristalino que há uma tentativa de se criar um grupo usando a imagem de um e se fazendo de idiota para tirar crédito e obter êxito! Sugiro cheirarem menos, serem mais gratos e não sujos", afirmou o vereador.

Procurado para comentar as acusações do filho de Bolsonaro, Jordy mandou uma nota por meio de sua assessoria em que diz que não pretende responder Carlos novamente e diz que tem a consciência tranquila.

"Tenho convicção que sou um dos deputados mais leais ao presidente e que mais atua em sua defesa. Acredito que haja ideias sendo plantadas na cabeça do Carlos que não correspondem a nada da realidade. Tenho minha consciência tranquila e continuarei sendo soldado da única pessoa que pode promover a mudança que o Brasil precisa: Jair Messias Bolsonaro", afirmou.

Jordy tem sido atacado por bolsonaristas após Silvio Grimaldo, braço direito de Olavo de Carvalho, dar uma palestra com críticas ao presidente em evento organizado pelo deputado.

"Meu amigo, o Congresso [Politicamente Incorreto, evento que organiza] era meu. Se alguém teve culpa em chamar o Silvio, fui eu. Silvio foi infeliz na fala dele, mas ele era convidado e expressou a opinião dele. Mas o que eu disse está errado? Quero entender. Queremos deputados bolsonaristas ou aliados do diálogo?", respondeu Jordy a um seguidor.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos