Carlos Ghosn está em Beirute

O ex-presidente da Renault-Nissan, o brasileiro Carlos Ghosn, que estava em prisão domiciliar no Japão, onde devia ser julgado em 2020 por má conduta financeira, chegou ao Líbano nesta segunda-feira.