Carnaval chega ao metaverso com venda de NFTs e looks digitais

Metaverso: camarote traz ambientes virtuais, coleção de NFTs, musa-avatar e experiências em realidade aumentada. Foto: Divulgação
Metaverso: camarote traz ambientes virtuais, coleção de NFTs, musa-avatar e experiências em realidade aumentada. Foto: Divulgação
  • Carnaval ganha, pela primeira vez, espaço no metaverso;

  • 'Nosso Camarote', da Sapucaí, é o primeiro a estrear o ecossistema;

  • Usuários poderão percorrer os corredores do camarote, comprar NFTs e provar looks digitais.

Os apaixonados por Carnaval poderão desfrutar de um jeito totalmente diferente de comemorar a festa e detalhe: dentro de suas próprias casas. Pela primeira vez, a folia ganhou espaço no metaverso e vai oferecer uma experiência imersiva com realidade aumentada, NFTs e looks digitais.

Quem chega estreando o ecossistema é o ‘Nosso Camarote’, maior camarote do sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro. O espaço fica no Sandbox e no Descentraland.

“O Carnaval se relaciona muito com história e com tradição, mas também pode apontar para o futuro: essas novas tecnologias de metaverso, NFTs e realidade aumentada nos trazem outras oportunidades de experimentar a arte, a moda e o carnaval. As possibilidades são infinitas e temos que estar atentos a essas novas tendências”, afirma Carol Sampaio, sócia do ‘Nosso Camarote’, em nota à imprensa.

Experiências digitais

No Descentraland, o usuário poderá percorrer todos os corredores do Camarote e visitar a exposição de NFTs “Mulheres do Samba”. A coleção homenageará, inicialmente, as cantoras icônicas do samba Leci Brandão, Clementina de Jesus, Leny Andrade e Áurea Martins.

As artes digitais serão vendidas a partir deste sábado (30), durante o Desfile das Campeãs, e a compra pode ser feita tanto em criptomoedas quando no cartão de crédito.

O Camarote também terá um avatar como musa de Carnaval. Trata-se da Princesa AI (Aiana), desenvolvida pelo designer digital Cairê Moreira em parceria com a BRIFW, e que terá um look inspirado no estilo punk digital com o abadá oficial do camarote.

Mas engana-se quem pensa que ela é a única a experimentar roupas virtuais. As pessoas que estiverem dentro do metaverso também podem provar trajes e acessórios criados por meio de filtros de realidade aumentada e aproveitar para cair na folia digital com muito estilo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos