Carnaval: chuva em SP destrói fantasias e alegorias de Escolas de Samba

Quadra da Rosas de Ouro cercada de água em São Paulo (reprodução / instagram @freguesiadoo)

As fortes chuvas que assolam a cidade de São Paulo nesta segunda-feira (10) causaram danos à algumas escolas de samba da capital. Casa Verde, Rosas de Ouro e Pérola Negra foram vítimas do acumulado.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Há cerca de 11 dias do desfile, os barracões da Pérola Negra, Império da Casa Verde e Rosas de Ouro tiveram os barracões invadidos pelas águas da chuva. Algumas escolas perderam máquinas, fantasias e até alegorias.

Leia também

“Após as fortes chuvas madrugada dessa segunda-feira (10), nosso barracão - localizado sob o viaduto Mofarrej, na Vila Lopoldina - ficou alagado. Conseguimos resgatar nossos funcionários e ninguém se feriu. Com a chuva constante na cidade de São Paulo o nível de água ainda alto, não conseguimos avaliar as perdas em nossas fantasias e alegorias”, disse Sheila Monaco em um comunicado.

A Sociedade Rosas de Ouro também se pronunciou através das redes sociais oficiais da escola. “As ruas em torno da quadra estão realmente alagadas. Os vídeos que circulam pelas redes são reais. No entanto, todas as medidas cabíveis foram toadas e a situação, até o momento, está sob controle”, conta o comunicado.

Vídeos e fotos viralizaram nas redes sociais nesta segunda-feira mostrando os estragos causados nas escolas de samba após o temporal. A Grande São Paulo amanheceu sob forte chuva que causou a interrupção da uma linha de metrô e diversos bolsões de água pela cidade. Foram quase 800 registros de enchente, 140 deslizamentos de terra, 120 quedas de árvores e 132 pontos de alagamento.