Carnaval: descubra os nomes por trás do sucesso das rainhas de bateria

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·7 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Rainhas de bateria no carnaval carioca: Paolla Oliveira, Viviane Araújo e Sabrina Sato
Rainhas de bateria no carnaval carioca: Paolla Oliveira, Viviane Araújo e Sabrina Sato. Fotos: Reprodução/Instagram

Muito além de sambar na Sapucaí, as rainhas de bateria do Rio de Janeiro contam com a ajuda de profissionais dos mais variados para fazer bonito no Carnaval. Seja na maquiagem, na fantasia e até no samba no pé, Paolla Oliveira, Viviane Araújo e Sabrina Sato não chegam lá sozinhas.

O maquiador de Paolla Oliveira

Badalado entre as famosas, o beauty artist Teodoro Junior é o responsável por produzir Paolla Oliveira para os ensaios e desfiles da Grande Rio. Em uma amizade que já dura mais de seis anos, Teo conta que a afinidade entre eles reflete em um bom trabalho para ser visto na Sapucaí.

"Eu trabalho com ela o ano todo e sei que a Paolla quer estar bonita. Para o carnaval, ela não é muito adepta a movimentos conceituais e artísticos. Ela gosta de processos mais simples do embelezamento. Ela prefere acrescentar o que ela já faz no dia a dia para a dimensão do Carnaval. Por isso um tom mais bronzeado, destaque no olhar e com uma pele bem construída", detalha.

O maquiador Teodoro Junior e Paolla Oliveira: amizade que já dura mais de seis anos
O maquiador Teodoro Junior e Paolla Oliveira: amizade que já dura mais de seis anos. Foto: Divulgação

"Como eu já tenho um repertório de trabalho com a Paolla, já sei muito o que funciona. Mas, ao longo do processo, ela vai falando ‘coloca mais um pouco de blush’, ‘sobe mais o olho’, ‘deixa o delineado um pouco mais grosso’. E assim a gente vai construindo a beleza", completa.

Segundo o maquiador, o carnaval é a vitrine ideal para o profissional que quer dar visibilidade ao seu trabalho.

"Ali na avenida, o artista de beleza tem a oportunidade de se expor em uma dimensão apoteótica. Existe muita pesquisa, repertório e referência. E é essencial reconhecer todas as mulheres maravilhosas que já passaram pela Sapucaí, como Monique Evans, Luma de Oliveira, minhas grandes divas. Todas elas deixaram rastro de beleza", analisa.

O maquiador Teodoro Junior trabalha com Paolla Oliveira para além do carnaval
O maquiador Teodoro Junior trabalha com Paolla Oliveira para além do carnaval. Fotos: Reprodução/Instagram

O processo criativo, segundo Teodoro, vai muito além de montar uma maquiagem perfeita. "Existe uma troca, porque ninguém faz nada sozinho. Costumo conversar com os estilistas, recebo as referências deles, mando as minhas e a gente vai construindo o visual para cada situação. Não dá para chegar e fazer na hora, porque no Carnaval é tudo muito pensado", diz.

"Só que, nem sempre acontece de ter um dia inteiro para produzir tudo. Tem vezes que acontece de fazer em um hotel ou até na Sapucaí mesmo. Essa coisa de fazer massagem, se preparar... Nem dá tempo, não vejo esse glamour todo acontecendo na prática. Está todo mundo na correria", completa.

O estilista de Viviane Araújo

O stylist Guilherme Alves é responsável por vestir a rainha das rainhas do Carnaval carioca. Amigo há quase vinte anos de Viviane Araújo, Guilherme tem como padrinho no mundo do samba Joãosinho Trinta, uma das maiores referências entre os carnavalescos. E, já na sua primeira criação, chamou a atenção da atriz e rainha de bateria do Salgueiro.

"Trabalhava com construção civil e fiquei desempregado. Fui convidado por um amigo para trabalhar com Carnaval. Só que eu era totalmente leigo no assunto. No ano seguinte, fui para o barracão da Grande Rio, onde fiquei durante cinco anos. Tive o enorme prazer de trabalhar com Joãozinho Trinta que, no primeiro ano, já me colocou como chapeleiro do barracão. Aí, eu comecei tomar gosto pelo que fazia", relembra.

Guilherme Alves e Viviane Araújo se conheceram em um concurso de carnaval
Guilherme Alves e Viviane Araújo se conheceram em um concurso de carnaval. Foto: Divulgação

"Nesse período, minha irmã entrou para o mundo do samba e foi participar do concurso da rainha do Carnaval do Rio de Janeiro. E eu, achando que sabia fazer fantasia, fiz uma para ela. A Viviane Araújo estava no júri e quis saber quem tinha feito. No ano seguinte, em 2003, fiz a primeira fantasia para ela e a nossa parceria dura até hoje", diz.

Alves conta que Viviane abriu muitas portas para ele e para o seu trabalho, por isso tem "total gratidão" pela artista. "Hoje, ela sempre acompanha os processos da fantasia. Algumas vezes chegamos até a discutir e já ficamos sem nos falar. Mas ela é uma querida e, no final, tudo dá certo", ressalta.

Guilherme Alves fez a primeira fantasia para Viviane Araújo no carnaval de 2003
Guilherme Alves fez a primeira fantasia para Viviane Araújo no carnaval de 2003. Fotos: Reprodução/Instagram

Para o carnaval de 2022, ano em que Viviane vai cruzar a Sapucaí grávida de seu primeiro filho, Alves precisou fazer alguns ajustes para a fantasia do desfile oficial.

"Ela já tinha o sonho de desfilar grávida e este ano vai ser muito especial. Tivemos que fazer algumas mudanças nos figurinos por conta da gravidez. E, por conta disso, a fantasia do desfile será bem diferente do que estávamos planejando inicialmente. Mas será linda da mesma forma", promete.

A professora da Sabrina Sato

Fiel escudeira, amiga e professora de samba. Dandara Oliveira, musa da Vila Isabel, é a grande responsável por toda a desenvoltura que Sabrina Sato apresenta em seus desfiles na Marquês de Sapucaí. Em uma amizade que já dura 12 anos, Dandara comemora o retorno da apresentadora ao seu posto de origem. Sabrina ficou afastada da bateria durante o carnaval de 2020.

"Nossa rainha voltou! A Vila está muito feliz e toda a bateria tem muito amor por ela. E a Sabrina sempre foi e viveu muito a escola. Ela sempre falou para mim: ‘Dan, independente de eu estar à frente da Swingueira de Noel [como é conhecida a bateria da escola] ou não, meu amor pela Vila Isabel é incondicional. Eu venho em qualquer lugar'", conta.

A Vila Isabel uniu: Dandara Oliveira e Sabrina Sato são amigas há 12 anos
A Vila Isabel uniu: Dandara Oliveira e Sabrina Sato são amigas há 12 anos. Fotos: Reprodução/Instagram

Dandara conta que, ao longo dos anos, as aulas de samba foram evoluindo de acordo com o desempenho da Sabrina.

"Dou aula para a Sabrina desde o primeiro ano dela na Vila Isabel. Com os anos, nossas aulas foram ficando diferentes. No início, era o aprender a sambar. Hoje em dia, nossas aulas são para aprimorar o que ela já conquistou e, principalmente, aprender as marcações das bossas da bateria. Anos de dedicação têm dado certo e o resultado dá para ver na Sapucaí. Ela é um estouro no desfile e todo mundo fica esperando. E em 2022 não vai ser diferente: nossa rainha vai brilhar mais uma vez", diz.

Dandara revela ainda que Sabrina não segue uma coreografia pronta porque gosta de sempre acrescentar seu próprio estilo, característica que a professora aprova. "Eu gosto demais dessa característica, porque ela consegue ser ela ali no desfile. E lá na hora é isso que vale: ela brincado do jeito que ela tem vontade. Eu acho isso lindo, porque o samba tem que ser pessoal. Por mais que eu ensine e trabalhe certos movimentos com ela, o samba tem que ter a cara dela e energia dela. Meu trabalho é exatamente esse: fazer com que a Sabrina Sato seja a Sabrina Sato na Sapucaí. Não quero que as pessoas olhem para ela e reconheçam um passo meu", defende.

Além de dar aulas de samba, Dandara Oliveira também é musa da Vila Isabel
Além de dar aulas de samba, Dandara Oliveira também é musa da Vila Isabel. Foto: Divulgação

Quanto à relação de amizade que construiu com a apresentadora, Dandara é cheia de elogios. A professora ressalta que as duas têm uma irmandade. "Como ela mesmo fala: ‘Dan, você é minha irmã. Acho que a gente foi irmã em uma outra vida’. A gente tem um carinho, uma cumplicidade muito grande uma com a outra. São 12 anos e a gente já está naquela relação do olhar. Quando eu olho para a Sabrina, ela já sabe o que tem que fazer, o que não precisa fazer. É uma amizade muito verdadeira que a gente construiu".

O resultado dessa parceria, ao menos no âmbito profissional, poderá ser visto na madrugada de domingo (24), por volta das 3h, quando a Vila Isabel iniciar seu desfile no sambódromo. Antes dela, será a vez da Grande Rio, com Paolla à frente da bateria, a partir das 2h. Ainda na sexta, Viviane se apresenta com a Salgueiro, com previsão de entrar na avenida às 0h.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos