Carnaval de São Paulo recebe 867 inscrições de blocos de rua

·1 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 01.03.2020 - Movimentação de foliões durante os festejos do carnaval de São Paulo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 01.03.2020 - Movimentação de foliões durante os festejos do carnaval de São Paulo. (Foto: Eduardo Knapp/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo recebeu 867 inscrições de desfiles de blocos de rua para o carnaval do ano que vem. Os cortejos serão entre os dias 19 de fevereiro e 6 de março.

O número, porém, é menor do que em 2020, quando 960 fizeram inscrição.

De acordo com a prefeitura, a capital tem o maior número de inscrições de todos os carnavais de rua do Brasil.

As fichas, agora, serão analisadas e as autorizações serão publicadas.

O carnaval de rua de 2022 em São Paulo ainda depende das aprovações dos órgãos de Saúde que avaliam o cenário epidemiológico da pandemia da Covid-19.

Em 2020, o carnaval de rua da capital paulista reuniu 15 milhões de pessoas, o maior público já registrado. Neste ano, a programação foi cancelada em razão da quarentena imposta pela pandemia.

A prefeitura chegou a cogitar a realização do carnaval fora de época, em maio, mas o então prefeito Bruno Covas (PSDB) adiou as festividades para 2022, já que a pandemia ainda estava fora de controle.

Está prevista ainda para a tarde desta segunda-feira a abertura dos envelopes com as propostas de patrocínio para o carnaval 2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos