Carreata bolsonarista fecha avenida nos arredores do Aeroporto de Congonhas

Manifestantes apoiadores do ex-presidente da República Jair Bolsonaro causaram confusão no trânsito nos arredores do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, na noite desta sexta-feira. Em gravações nas redes sociais, os manifestantes que defendem pautas antidemocráticas dizem que iriam “fechar o aeroporto”.

O protesto iniciado no começo da noite comprometeu o trânsito na Avenida 23 de Maio. Organizados, os manifestantes gritavam palavras de ordem a exemplo de “nossa bandeira jamais será vermelha”, outros carros buzinaram. Alguns que passavam pelo local, em desacordo, gritavam o nome do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Bolsonaristas também usavam sinalizadores nas cores verde e amarelo.

A manifestação passou pela região da Avenida Angélica, no final da tarde. Embora estejam rumando ao aeroporto, nenhum registro dá conta de manifestantes dentro de Congonhas. Em vídeos, alguns bolsonaristas chegam a alegar que o local está totalmente está ocupado. Sites especializados em monitorar pousos e decolagens, contudo, não apresentaram qualquer variação nas escalas desta sexta-feira.

Procuradas, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP) e a Infraero não atenderam às ligações da reportagem.