Carreira sanguinária de foragido perigoso gera comoção no Texas

Os moradores do Texas respiravam aliviados nesta sexta-feira (3) depois que um foragido, suspeito de matar cinco pessoas após fugir do presídio onde cumpria a prisão perpétua por homicídio, foi morto pela polícia em uma história digna de uma série de televisão.

Gonzalo Artemio López, de 46 anos, fugiu de forma espetacular em 12 de maio de uma prisão no condado de León, entre Dallas e Houston, e desde então era alvo de uma perseguição maciça, a maior na história recente deste estado do sul dos Estados Unidos.

A morte destas cinco pessoas inocentes - um adulto e quatro menores - é uma "tragédia absoluta", disse Jason Clark, porta-voz do Departamento de Justiça Penal do Texas (TDCJ, na sigla em inglês).

"Mas respiramos aliviados de que López não possa mais fazer mal a ninguém", acrescentou, durante uma coletiva de imprensa improvisada.

Condenado em 2006 à prisão perpétua por um bárbaro assassinato com uma picareta e um sequestro, López provocava pavor.

Fisicamente, teria sido o vilão perfeito de uma série da Netflix: a cabeça raspada, o rosto quadrado, o peitoral pronunciado, tatuado assim como seus bíceps, e as costas largas. Em suma: um perfil de matador, que se tornava ainda mais perigoso por seus vínculos conhecidos com a máfia mexicana e gangues ativas na prisão.

- Fuga cinematográfica -

As condições de sua fuga ilustram sua determinação implacável.

Naquele dia, López seria transferido de sua prisão em Gatesville para outra no Texas, em Huntsville, para una consulta médica. Seria uma viagem de cerca de 260 km, realizada em um ônibus do presídio guardado por agentes armados.

Seu prontuário exigia vigilância especial e que fosse colocado em uma jaula metálica, com pés e mãos acorrentados.

As autoridades não conseguiram explicar como ele conseguiu embarcar com uma faca de cozinha escondida, e depois se livrar dos grilhões. Além disso, López cortou a dobradiça metálica de sua jaula, conseguindo chegar à cabine do motorista e obrigando-o a parar o ônibus.

Segundo informações, seguiu-se então uma briga entre o detento e o motorista do lado de fora do veículo. López esfaqueou o agente na mão e no peito. Outro agente armado, posicionado na parte de trás do ônibus, desceu para tentar neutralizar o detido.

Mas López conseguiu voltar a subir na cabine do motorista e assumir o volante, deixando para trás os dois guardas. Eles abriram fogo, furando um pneu traseiro do veículo, que tinha ficado difícil de manobrar. De fato, a um quilômetro dali, López saiu da estrada e deixou o ônibus e seus ocupantes, entrando em uma floresta.

- Cães, cavalos e helicópteros -

Desde o começo, a caçada mobilizou recursos impressionantes e todas as forças policiais disponíveis, apoiadas por cães, cavalos e helicópteros. O cenário: uma região montanhosa que inclui planícies, florestas e rios.

Em imagens dignas de um western de John Ford, dezenas de agentes armados, com chapéus de caubói e a cavalo apareciam fazendo um pente fino no terreno acidentado. Mas os dias passavam, sem resultado. A recompensa oferecida por qualquer informações que permitisse a captura de López foi inclusive reavaliada até os 50.000 dólares.

O fugitivo estava, como era de se esperar, na parta superior da lista das pessoas mais procuradas no Texas, um estado cuja taxa de prisões supera com folga a de todas as democracias do planeta.

Finalmente, depois de três semanas infrutíferas,a polícia foi contatada por uma pessoa preocupada porque seus familiares não atendiam seus telefonemas. Em sua casa, a polícia encontrou cinco corpos. Ao notar a falta do carro da família, uma caminhonete Chevrolet Silverado, deram o alerta.

Foi ao volante desta Chevrolet que López viu o fim de sua carreira: a caminhonete foi reportada em Jourdanton, ao sul de San Antonio, perseguida e finalmente parada por uma grade solta na calçada.

López, que levava um fuzil de assalto e uma pistola, abriu fogo contra os policiais, mas não acertou. Eles reagiram, matando-o na hora.

Foi "o final de um calvário", resumiu Clark, encarregado de informar os americanos sobre esta captura.

seb/ube/ad/ltl/mvv

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos