Carro bate e pega fogo após tentativa de fuga da Lei Seca, em São Gonçalo; uma pessoa morreu

Uma pessoa morreu ao ficar presa às ferragens de um carro que bateu numa árvore e pegou fogo após o motorista tentar furar blitz da Lei Seca na madrugada do último domingo. A operação estava montada na altura do número 407 da Avenida Jornalista Roberto Marinho, no bairro de Alcântara, em São Gonçalo.

No Aterro: 'Ele foi imprudente e não escutou minha filha', diz mãe de jovem morta em acidente sobre o motorista

Na Niemeyer: Exames confirmam que dentista presa em flagrante por embriaguez ao volante estava sob efeito de álcool

Outras quatro pessoas que estavam no carro foram levadas com ferimentos para o Hospital Estadual Alberto Torres, no bairro do Colubandê. Elas foram identificadas como Geisiane Pereira, de 31 anos; Carlos Eduardo, de 29 anos; Leonardo Siqueira, de 30 anos, e mais um homem de 25 anos não identificado. De acordo com o hospital o estado de saúde deles é considerado grave.

Após a colisão, duas pessoas permaneceram no veículo presas às ferragens e desacordadas. Agentes da Lei Seca e populares ainda conseguiram tirar o motorista, mas não houve tempo para resgatar a pessoa que viajava no banco do carona.

Os bombeiros foram acionados para controlar o fogo às 2h47. A ocorrência foi registrada na 74ª DP.