Carro com mais de R$ 500 mil em multas é apreendido em São Paulo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Polícia Militar apreendeu, neste sábado (29), um veículo com mais de R$ 500 mil em multas durante uma abordagem em Osasco, na região metropolitana de São Paulo.

De acordo com a PM, o policiamento de trânsito realizava patrulhamento ostensivo quando abordou o motorista de um Honda Fit preto.

Segundo a PM, não foram detectados indícios de adulterações durante a vistoria do carro. Mas, em consulta à base de dados, foi constatada falta de licenciamento desde 2006 e R$ 526.771,50 em débitos e 336 multas. Os tipos de infrações de trânsito cometidas não foram informados.

O carro foi apreendido e levado ao pátio de Osasco, conforme nota da PM.

O Fit não é mais fabricado desde o ano passado. Com o valor das multas, é possível comprar seis modelos usados de 2021, com motor 1.5 e câmbio automáticos. Cada um é avaliado em R$ 90.414, segundo a tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômica).

Segundo o advogado Antonio José Dias Junior, coordenador da Comissão de Direito do Trânsito da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em São Paulo, se o dono do carro apreendido não pagar os débitos, o valor vai para dívida ativa do governo estadual.

O proprietário pode, inclusive, ter o nome inscrito nos órgãos de proteção ao crédito e depois o problema se transformar em processo judicial.

O caso com registro milionário de multas não pagas é o segundo flagrado no mês pela PM. No último dia 21, um Chevrolet Corsa, com débito de R$ 552.125,92 e 2.186 infrações de trânsito registradas, foi apreendido durante uma abordagem na avenida Santa Maria, Barra Funda, zona oeste da capital.

O Corsa vermelho também foi parar no pátio.