Carro estacionado em frente a garagem é vandalizado com tinta e tem pneus furados

·1 min de leitura
Carro estacionado em frente à garagem é vandalizado com tinta e tem pneus furados em Belo Horizonte - Foto: Montagem/Reprodução/Redes sociais
Carro estacionado em frente à garagem é vandalizado com tinta e tem pneus furados em Belo Horizonte - Foto: Montagem/Reprodução/Redes sociais
  • Veículo estacionado em frente a uma garagem foi vandalizado em Belo Horizonte

  • A proprietária saiu para trabalhar e, na volta, encontrou o carro sujo com tinta branca e os pneus furados

  • Mulher registrou boletim de ocorrência; polícia investiga o caso

Um carro estacionado em frente ao portão de uma garagem foi vandalizado com tinta e teve dois pneus esvaziados. O caso aconteceu na última quinta-feira (20), em Belo Horizonte, e será apurado pela Polícia Civil.

Conforme o boletim de ocorrência ao qual o portal G1 teve acesso, a proprietária do veículo, de 36 anos, relatou ter estacionado o veículo para trabalhar em um coworking na mesma rua.

Ao retornar, ela encontrou o carro sujo com tinta branca no teto. O líquido desceu para o capô e outras partes do automóvel, inclusive internamente.

No para-brisa foi deixado um cartaz escrito "garagem". Além disso, os dois pneus do lado direito estavam vazios e sem a tampa de proteção.

A mulher se enfureceu e teve de ser acalmada por duas pessoas no momento em que se deparou com o carro vandalizado.

No portão, existe um alerta de "garagem em uso", além de duas placas de "proibido estacionar".

A Polícia Civil informou ao portal O Tempo, de Minas Gerais, que "instaurou procedimento investigativo para apurar as circunstâncias, motivação e autoria do crime. A investigação encontra-se em andamento para a completa elucidação dos fatos".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos