Carteiro é baleado por síndico ao fazer entrega em PE

·1 min de leitura
Câmera flagrou o momento em que o carteiro foi atingido - Foto: Reprodução/WhatsApp
Câmera flagrou o momento em que o carteiro foi atingido - Foto: Reprodução/WhatsApp
  • Carteiro foi realizar uma entrega e acabou discutindo com um rapaz

  • Após o bate-boca, foi atingido por um tiro à queima-roupa

  • A polícia confirmou que o responsável pelo disparo é o síndico do condomínio

Um carteiro foi baleado por um síndico ao realizar entrega em um condomínio na cidade de São Lourenço da Mata, em Pernambuco. O caso aconteceu na última segunda-feira (29) e foi relatado pelo G1.

O crime foi gravado por uma câmera de segurança. As imagens mostram o carteiro aparentemente discutindo com um homem sentado em uma cadeira. De repente, o rapaz levanta e dispara contra o trabalhador, que cai.

O carteiro contou ao G1 que passou por cirurgia e continua internado. O rapaz, que preferiu não se identificar, explicou que está acostumado a fazer entregas naquele condomínio, mas, no dia em questão, não foi recebido pelos porteiros que conhecia.

"Chamei 'Correios'. Aí, ele (suspeito) disse: 'Se você quiser entregar a encomenda, você entrega. Se não, você (xingamento)’",lembrou o carteiro.

Discussão continua e tiro é disparado

O rapaz relatou, ainda, que a discussão continuou e que ele exigiu fazer a entrega. O tiro, porém, teria sido disparado em um momento no qual conversava com um amigo, de camisa vermelha, que também aparece nas imagens.

"Eu senti muita dor, meu amigo providenciou socorro para a UPA [Unidade de Pronto Atendimento] de São Lourenço. [...] Estou aqui me recuperando, passei por cirurgia e estou reagindo bem", afirmou.

A Polícia Civil confirmou que o suspeito é o síndico do condomínio, mas não divulgou a identidade do rapaz ou maiores detalhes sobre a investigação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos