Universidade do Cartola: raio-x de erros e acertos da 32ª rodada

Metro e meio de pura bola jogada: com dois gols e uma assistência, Soteldo comandou a vitória do Santos e foi o maior pontuador da rodada (Reuters)


Por Caíque Toledo

E aí, cartoleiros! Uma folga importante nesse meio de semana pra relaxar e descansar um pouco. Afinal, ninguém aguenta tanta intensidade assim.

Uma rodada novamente de altos e baixos, com problemas principalmente no meio-campo. Se seguiu a maioria de nossas dicas, a tendência é que tenha feito uma pontuação bacana, ao menos na média.

Vamos analisar o que deu certo e o que deu errado! Lembrando que o Cartola só volta no final de semana, então, dessa vez podemos ir com calma.

Nem tem mais o que falar do Tadeu. Quem puder, já fixa no time de uma vez e não mexe aqui, porque olha...

Goleiros

Tadeu é impressionante. Mesmo levando três gols do Santos, suas incríveis cinco defesas difíceis os colocaram como um dos bons pontuadores da rodada, com 9pts. Cada dia mais, nossa dica para essas rodadas finais é fixar o goleiro do Goiás.

Das nossas duas outras dicas, duelo de opostos. Diego Alves levou gol e fez apenas 0.7pts, enquanto Gatito fez o que achamos justo para um goleiro e está cada vez mais difícil de achar: saldo de gol e uma defesa difícil, tá bom. 

Entre os destaques da rodada, também estiveram Santos, que ajudou o CAP a garantir boa vitória contra o São Paulo no Morumbi; Walter, pegando um pênalti no dérbi paulistano, e Everson, com SG e duas DDs para o Santos.

Maiores pontuadores da rodada: Santos (Athletico, 13.4pts x São Paulo fora de casa), Walter (Corinthians, x Palmeiras neutro) e Éverson (Santos, x Goiás fora de casa) com 10.4pts, e Tadeu (Goiás, 9pts x Santos em casa)

Vasco do professor Luxemburgo goleou o CSA fora de casa, e o zagueiro Henríquez deixou o dele

 Zagueiros

Rodada difícil para os zagueiros, em geral. Nossa aposta era uma dupla que normalmente não tem erro: os rivais Geromel e Cuesta. O primeiro nem entrou em campo, e o segundo ia nos dar uma alegria, mas teve sua assistência retirada pelo Cartola e estacionou nos 2.7pts.

O substituto de Geromel, David Braz, por exemplo, acabou sendo um dos maiores pontuadores da rodada. Mais que ele, só o zagueirão Oswaldo Henriquez, do Vasco, que marcou o dele de cabeça na vitória cruzmaltina contra o CSA.

Voltando para a realidade, também indicamos o flamenguista Pablo Marí, que fez mísero 1.2pt. Pior ainda foi Gabriel: 1.8pt para o zagueiro botafoguense, mas com o adendo de ter tido os 5pts do SG. Ai, Gabriel...

Maiores pontuadores da rodada: Oswaldo Henríquez (Vasco, 13.2pts x CSA fora de casa), David Braz (Grêmio, 12.2pts x Chapecoense fora de casa) e Thiago Heleno (Athletico, 8.4pts x São Paulo fora de casa)

O Santos passou por cima do Goiás no Serra Dourada, e um dos destaques foi o lateral Victor Ferraz, com ótimas seis roubadas de bola

Laterais

Nossas apostas para a lateral ajudam a provar o que tentamos falar sempre por aqui, a diferença dos jogadores ‘cartoleiros’.

Marcos Rocha e Filipe Luis foram os escolhidos de muita gente, e ambos ficaram na faixa dos 5.5pts, pontuação apenas medíocre. No entanto, nenhum dos dois teve SG, e isso é tudo que nós queremos: jogadores que pontuem independente dos scouts maiores (gol, assistência, saldo de gol). Boas apostas de dois dos melhores laterais do jogo.

Não deu certo, no entanto, com Reinaldo: o são-paulino teve uma fraca atuação na derrota em casa para o Athletico, e, sem mostrar a ‘querência’ ofensiva de outrora, negativou dessa vez, deixando muita gente na mão.

No fim, uma rodada de surpresa nas laterais, já que os seis maiores pontuadores da posição ou jogaram clássico ou jogaram fora de casa na rodada. 

Maiores pontuadores da rodada: Victor Ferraz (Santos, 14.3pts x Goiás fora de casa), Orejuela (Cruzeiro, 12.5pts x Atlético-MG neutro) e Juninho Capixaba (Grêmio, 10.4pts x Chapecoense fora de casa)

Em uma rodada bastante difícil para os meias, se deu bem quem arriscou o capitão palmeirense Bruno Henrique no clássico contra o Corinthians


Meias

Ok, a gente admite que não é sempre que dá dicas boas. O meio-campo dessa rodada é um exemplo disso, e você vai ver porque.

O único ponto fora da curva foi Soteldo. O craque do Santos colocou a bola embaixo do braço e dominou a goleada contra o Goiás, com dois gols e uma assistência: mais de 23pts para o baixinho e um benefício absurdo para quem escalou o maior pontuador de toda a rodada.

Fora ele, destaque para quem fez gol, mesmo que todos fossem difíceis para escalar: Raul jogou fora de casa, Bruno Henrique tinha um clássico pela frente e Reinier saiu do banco de reservas. Então...

Rodrigo Lindoso (3.5pts), Gerson (3pts), Alex Santana (2.3pts), Leo Sena (1.6pt) e Alisson (0.5pts) foram nossas indicações. Ô joguinho difícil,viu...

Maiores pontuadores da rodada: Soteldo (Santos, 23.2pts x Goiás fora de casa), Raul (Vasco, 8.8pts x CSA fora de casa) e Bruno Henrique (Palmeiras, 8.5pts x Corinthians neutro)

Obrigado, Gabigol: virtual bola de ouro do Brasileirão, o camisa 9 do Flamengo nos deu muitos pontos nessa rodada

Atacantes

Dessa vez até teve gol do Gabigol, mas o camisa 9 se destacou principalmente com as assistências. Usando duas vezes a perna direita, a ruim, o atacante serviu seus companheiros e ia fazendo uma pontuação legal pra gente, já que a maioria o colocou de capitão. No fim, gol do artilheiro do campeonato pra sacramentar a grande atuação.

Do próprio Flamengo, aliás, veio nossa segunda dica e que pontuou bem, também: Bruno Henrique, com seus 10pts. A decepção foi Everton Cebolinha, que, mesmo contra a Chapecoense, passou longe dos melhores dias e fez só 1.5pt.

O palmeirense Dudu fez 4.7pts sem nenhum scout grande, enquanto Guerrero foi um dos piores pontuadores da rodada, negativando em 1.1pt. Rodada de altos de baixos por aqui. 

Maiores pontuadores da rodada: Gabigol (Flamengo, 18.2pts x Bahia em casa), William Pottker (Internacional, 16.3pts x Fluminense em casa) e Marinho (Santos, 15.1pts x Goiás fora de casa) 

* Caíque Toledo é jornalista, trabalha diretamente com futebol desde 2015 e joga Cartola desde 2006, ficando duas vezes no Top100 e com melhor desempenho em 23º na liga nacional em 2013. Faz parte do projeto da Universidade do Cartola, o @universidadedocartola no Instagram.