Casa é fechada durante festa de DJ com cerca de 300 pessoas em Jacarepaguá

O Globo
·1 minuto de leitura

RIO — Fiscais da secretaria de Ordem Pública (Seop) e da Polícia Militar fecharam uma casa neste domingo onde era realizada uma pool party (festa da piscina) com cerca de 300 pessoas na Taquara, em Jacarepaguá. A festa, paga, comemorava o aniversário de um DJ com música eletrônica e nas imagens repassadas pela Seop é possível observar muita gente sem máscara e aglomerações.

Em um dos vídeos gravados pela Seop, um dos presentes chegou a ameaçar um agente da Ordem Pública pedindo para que não fosse filmado. Segundo a prefeitura, o organizador da festa, identificado como Rafael Alonso será multado em uma quantia ainda a ser arbitrada pela Vigilância Sanitária. Mas como o caso foi classificado como uma situação entre grave e gravíssima, o valor deve ficar entre R$ 2,8 mil e R$ 15 mil.

Realizado em pleno momento de restrições na cidade por causa da pandemia, o evento vinha sendo divulgado em redes sociais e aplicativos fechados de troca de mensagens . ''Domingo é dia de comemorar o Bday (aniversário) dessas duas feras da música eletrônica (...) e nada melhor que uma piscina, bebida, música gelada, amigos reunidos e muita música gelada'' dizia um trecho do convite.

A Seop só deve divulgar nesta segunda o balanço das ações do primeiro fim de semana de dez dias de restrições por conta da pandemia, em vigor desde sexta-feira. Apenas neste sábado, foram 864 autuações - incluindo multas por falta de máscara e reboque de veículos estacionados em pontos não autorizados como na orla. Ao todo, foram fechados 19 estabelecimentos e multados 60 estabelecimentos comerciais.