A casa de Andrea Beltrão em 'Um lugar ao sol' é cheia de paredes azuis: cor é tendência na decoração

·3 min de leitura

Após um hiato imposto pela pandemia, a Globo estreou na última a semana a sua nova trama inédita do horário nobre, “Um lugar ao sol”. De volta às novelas, após 20 anos, Andrea Beltrão vive Rebeca, casada com o executivo Tulio, interpretado por Daniel Dantas. Durante as cenas, vamos acostumar a ver o casal e a filha Cecília (Fernanda Marques, de cabelo preso na foto), sempre acompanhada da amiga Bela (Brunna Martins), nessa sala de parede azul. O cômodo se destaca por ter a cor queridinha do momento.

Sim, gente! O azul veio com tudo. Muito utilizado em ambientes com a pegada mais praiana, ele hoje humaniza e decora espaços de qualquer estilo. Uma cor da qual a gente é superfã, pois acreditamos que ela compõe muito bem com qualquer paleta de cores, seja num ambiente frio ou em outro mais quente. Essa nossa paixão vem de muito tempo. Vocês que nos acompanham na Canal devem lembrar: inauguramos a nossa coluna mostrando um espaço da nossa casa, com a nossa sala que tem uma superparede azul carbono. Mas hoje vamos mostrar outros tons e ambientes bacanas que vão reforçar o poder do azul.

Da cor do mar

O casal Lívia e Bernardo encomendou ao escritório Beta Arquitetura o projeto deste apartamento (foto acima) na Barra da Tijuca que haviam acabado de comprar. Os dois tinham conhecido os profissionais durante uma visita à CasaCor 2018 (onde eles assinavam a cozinha da mostra). Na época, eles só tinham uma filha de 3 anos (a Duda). Dois anos depois, a família aumentou com a chegada do Rafael, e eles então se mudaram para este imóvel maior.

Como os clientes são jovens e gostam de cores claras, os arquitetos evitaram itens de cor preta. O projeto buscou transmitir a sensação de paz através de ambientes claros, que foram “aquecidos” com toques de madeira natural, matéria-prima presente em todos os projetos da Beta Arquitetura. As boiseries aplicadas na sala e no quarto do casal conferiram um toque clássico ao décor, em contraponto ao estilo praiano-chic carioca, que predomina nos ambientes. Como o casal ama a cor azul, os arquitetos resolveram ousar na suíte deles, pintando de azul royal a parede atrás da cama, deixando o restante branco para não pesar visualmente.

Já neste outro apartamento (na foto à direita acima) que também fica na Barra, a arquiteta Adriana Esteves foi contratada por uma cliente que queria uma casa confortável para receber filhos e netos. Os destaques do projeto são a integração da cozinha com a sala de estar e o quarto de serviço transformado no banheiro da suíte. A única demanda da proprietária, prontamente atendida, foi por uma cozinha aberta para a sala, com uma ilha. Foi dada carta branca para todo o resto do apartamento. “Em função da área pequena, propus integrar visualmente os ambientes. Para isso, usei como base a cor azul, com diferentes toques coloridos em cada cômodo, além do mesmo piso sem soleiras ou filetes e a mesma madeira por todo o apartamento”, explica Adriana.

Para finalizar, nesta sala de um apartamento no Leblon (na foto à esquerda), o escritório Brise Arquitetura, trabalhou os 94m² do imóvel por completo. Um dos principais pedidos dos clientes era que a cozinha tivesse uma cor diferente, já que todo o restante do imóvel tem uma base mais neutra. É um apartamento de temporada clean e aconchegante, com atmosfera descontraída e clima de casa de praia, traduzida tanto através da paleta de cores, como dos materiais naturais.

Apenas a parede da sala de jantar foi pintada de azul petróleo, repetindo o tom dos armários da cozinha. “O uso da mesma tonalidade de azul reforçou a integração da cozinha com a sala de jantar, conferindo ainda uma unidade visual ao conjunto”, explica a arquiteta Bitty Talbot.

A coluna "Casa de Novela" é assinada pelo arquiteto e urbanista Guilherme Galvão e pelo engenheiro Douglas Alexandre.

Site: ggarquitetura.arq.br

Instagram: @2amarelos e @ggarquitetura.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos