Casa Branca condena violência no Capitólio e defende processos contra quem infringiu a lei

·1 minuto de leitura
.

WASHINGTON (Reuters) - A porta-voz do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Kayleigh McEnany, disse nesta quinta-feira que a Casa Branca condena a violência no Capitólio na quarta-feira, e defendeu que aqueles que infringiram a lei sejam processados.

"Nós condenamos --o presidente e seu governo-- da maneira mais forte possível", disse McEnany a jornalistas na sala de imprensa da Casa Branca. "É inaceitável, e aqueles que quebraram a lei devem ser processados em toda a extensão da lei."

Ela se recusou a responder perguntas.

"Os que estão trabalhando neste edifício estão trabalhando para garantir uma transição ordenada do poder. Agora é hora da América se unir", disse McEnany.

(Reportagem de Andrea Shalal e Jeff Mason)