Casa Branca faz campanha com apps de relacionamento para incentivar vacinação

·2 minuto de leitura
No Tinder, os usuários poderão anexar um aviso de "Estou vacinado" em seu perfil, anunciou a Casa Branca

No mundo dos encontros românticos pela internet, vale tudo para conseguir um possível companheiro. Nos Estados Unidos, a Casa Branca quer fazer da vacinação anticovid o argumento definitivo.

Tinder, Hinge, Match, OkCupid, BLK, Chispa, Plenty of Fish, Bumble e Badoo: os principais aplicativos de relacionamento se juntaram a esta iniciativa, oferecendo uma nova função para que os participantes possam sinalizar se estão vacinados ou não contra covid-19, anunciou nesta sexta-feira (21) o executivo americano.

Nos últimos meses, muitos usuários já haviam optado por mencionar a vacinação na descrição de seu perfil e era comum ver a frase "completamente vacinado" nas apresentações pessoais.

A Casa Branca agora quer incentivar esta tendência, com a esperança de promover sua campanha de imunização, cujo ritmo desacelerou drasticamente desde abril.

No Tinder, os usuários poderão anexar um aviso de "Estou vacinado" em seu perfil. Também terão acesso a funções "premium", como a capacidade de enviar um "Super Like" a alguém, o que lhes permitirá destacar seu grande interesse.

O Hinge, por sua vez, dará acesso a uma "rosa" gratuita, para oferecer a quem chamou sua atenção.

No OkCupid, as pessoas vacinadas poderão "potencializar" seu perfil, para aparecer com prioridade na tela de suas possíveis "coincidências".

Todos os usuários também poderão aplicar um filtro para buscar um parceiro apenas entre os vacinados.

Entre os aplicativos, estão o BLK - direcionado à comunidade negra - e o Chispa, amplamente usado pela comunidade hispânica nos Estados Unidos.

Receber a vacina também pode fazer mais pelos amantes do que mantê-los saudáveis.

"Segundo uma pesquisa do OKCupid, as pessoas que estão vacinadas ou que planejam se vacinar, recebem 14% mais de 'coincidências' do que as pessoas que não planejam se vacinar", informou a Casa Branca em um comunicado.

Nos Estados Unidos, mais de 60% dos adultos (quase 160 milhões de pessoas) já recebeu ao menos uma dose de uma das três vacinas autorizadas no país. O presidente Joe Biden estabaleceu o objetivo de alcançar 70% até 4 de julho.

la-ad/gma/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos