Casa Branca fecha acordo com provedoras para redução nos preços de internet

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Presidente norte-americano Joe Biden
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Jeff Mason

WILMINGTON, Delaware (EUA) (Reuters) - O governo do presidente norte-americano Joe Biden acertou compromissos com 20 empresas de telecomunicação, incluindo Verizon, Comcast e AT&T, para redução de preços ou aumento na velocidade da internet para milhões de famílias nos Estados Unidos, disseram funcionários de sua administração.

Biden e a vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, divulgam os acordos nesta segunda-feira em uma cerimônia com executivos de empresas que fornecem serviços de internet.

Os compromissos fazem parte do Programa de Conectividade Acessível (ACP, na sigla em inglês), que é um aspecto da lei de infraestrutura aprovada com apoio de republicanos e democratas no ano passado. O programa ajuda as famílias norte-americanas elegíveis a reduzir o valor de suas contas de internet em até 30 dólares por ano, disse a Casa Branca.

Com os novos compromissos, dezenas de milhões de famílias elegíveis para o ACP receberão serviço de internet gratuito, disse o governo.

Famílias de baixa renda podem se qualificar para o programa, além daquelas que recebem assistência federal por meio de outros programas, como subsídios alimentares ou o Medicaid, de seguro de saúde aos mais pobres.

Um alto funcionário do governo disse a repórteres em uma conferência que as empresas assumiram os compromissos voluntariamente.

(Por Jeff Mason)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos