A casa de Marco Ricco e Mariana Lima, em ‘Um lugar ao sol’, tem vitral em vidro canelado que está em alta no mercado

·3 min de leitura

Na cena da foto acima, de “Um lugar ao sol”, Breno, vivido por Marco Ricca, está na casa dele e de Ilana (Mariana Lima), sua mulher. Ao fundo, vemos um vitral que serve de divisória, com vidros canelados, o que está super em alta e muito nos chamou a atenção. Por isso, trazemos para você esse tema aqui na nossa coluna de hoje.

O vidro canelado é um material com ondulações na superfície, e essa textura traz um visual bem arrojado e atemporal. Esse tipo de material já foi queridinho no passado e está voltando com tudo, cada vez mais presente nos projetos de arquitetura e decoração, uma verdadeira tendência nos ambientes contemporâneos.

O vitral, na forma translúcida e texturizada, traz inúmeras vantagens, como garantia de privacidade nos espaços e uma boa iluminação natural. O vidro canelado também é versátil e pode ser empregado de várias formas na decoração, combinando facilmente com qualquer outra textura. Não tenha medo de usá-lo! Aproveite e se inspire com os projetos que trazemos a seguir.

O versátil que nunca saiu de moda

Neste primeiro apartamento, no bairro do Flamengo, na Zona Sul do Rio, projetado pelo escritório Nop Arquitetura, o cliente, um jovem de 30 anos, queria um projeto com cara de “open space” e integração da sala com a cozinha. A dupla de arquitetos Lívia Ornelas e Phllipe Nunes propôs uma adequação geral na arquitetura, que logo foi aprovada. Nos 76m², ele queria uma casa com uma pegada mais moderna e industrial, sem perder a referência ao tradicional, refletindo sua personalidade e seu momento de vida. O cliente apresentou à Nop Arquitetura referências contrapostas: algumas bem industriais e outras bem clássicas. Os arquitetos tiveram, portanto, o desafio de uni-las e criar algo que equilibrasse e se sustentasse em forma e estética.

O destaque principal foi a abertura da cozinha para a sala, com portas de correr de esquadrias pretas com fechamento em vidro, que garantem claridade e maior integração dos ambientes.

Já no segundo apartamento, que fica na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, a arquiteta Marina Romeiro teve o prazer de projetar o próprio lar, com tudo do jeito que sua família merece. Marina e Rafael, seu marido, resolveram se mudar para o novo bairro para poderem ficar mais perto dos parentes, de áreas verdes e das praias. Como eles gostam muito de receber, queriam espaços mais amplos e integrados. Com isso, a integração da cozinha e o aumento dela foram a premissa do projeto, nos 90m² do imóvel.

A arquiteta não só abriu a cozinha para a sala como também aumentou o espaço dela, incorporando o quarto de serviço da planta original. “Toda essa integração gerou uma permeabilidade visual melhor na sala. Os espaços ficaram mais amplos, melhorando ainda a iluminação e a ventilação naturais como um todo”, explica a arquiteta Marina. Sem dúvida, a junção da sala com a cozinha e a varanda aumentou bastante a sensação de amplitude. E o ponto alto desse projeto foram as portas de vidros canelados com abertura camarão entre cozinha e sala. Além de leves, ficaram um charme.

A coluna "Casa de Novela" é assinada pelo arquiteto e urbanista Guilherme Galvão e pelo engenheiro Douglas Alexandre.

Site: ggarquitetura.arq.br

Instagram: @2amarelos e @ggarquitetura.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos