Casa onde Trump nasceu é vendida 120% acima do preço médio

A primeira casa que o presidente americano Donald Trump morou, durante a sua infância, no dia 19 de outubro de 2016

A casa de tijolos vermelhos onde o presidente Donald Trump nasceu, no distrito nova-iorquino do Queens, foi vendida por 2,14 milhões de dólares, com um lucro de mais de 50% para o vendedor, anunciou nesta segunda-feira a imobiliária que fechou o negócio.

O vendedor comprou a casa do elegante bairro Jamaica Estates diretamente da família Kestenberg por 1,39 milhão de dólares em dezembro, apenas um mês depois da eleição de Trump.

Os Kestenberg haviam planejado inicialmente vender a casa de estilo Tudor e cinco dormitórios onde Trump passou os primeiros quatro anos de sua vida em um leilão previsto para outubro.

Mas no terceiro debate presidencial entre Trump e sua rival democrata Hillary clinton, ao ver que o interesse crescia, o casal - que atravessava um processo de divórcio - decidiu adiar o leilão e vendê-la diretamente ao investidor.

Este investidor vendeu a casa três meses depois, em um leilão organizado pela imobiliária Paramount Realty USA, onde ela foi adquirida por um comprador desconhecido por 2,14 milhões, um preço aproximadamente 120% superior ao médio de uma casa similar no mesmo distrito da cidade de Nova York (979.400 dólares, segundo o site especializado Trulia).

"Esta propriedade é muito mais que apenas um imóvel; é a casa da infância do 45º presidente dos Estados Unidos, e é uma parte da história", disse Misha Haghani, responsável da Paramount Realty USA, em um comunicado.

Haghani disse à AFP que não podia revelar a identidade do comprador, mas que ele não é o próprio Donald Trump, que em setembro havia expressado interesse em comprá-la.

O endereço da casa construída em 1940 aparece na certidão de nascimento do presidente republicano de 70 anos, que nasceu em 14 de junho de 1946.