Casa de Sal: Mãe e filha constroem moradia com garrafas de vidro

Mãe e filha inovam na construção sustentável no litoral norte de Pernambuco. Edna Dantas e Maria Gabrielly Dantas utilizaram 4.298 garrafas descartadas no meio ambiente e deram origem à 1ª casa de vidro do Estado. Entre as pautas representadas por este marco, a importância do protagonismo das mulheres negras na reivindicação pelo direito à moradia e a ecologia popular.

A construção, que ainda precisa de finalização, durou seis meses. O projeto foi idealizado por Edna e Gabrelly, que contaram com a ajuda da comunidade e de pessoas que se sensibilizaram com a história. A obra foi baseada na redução de impactos ambientais desde a sua concepção, um conceito chamado de bioconstrução. Para mãe e filha, essa alternativa reuduz problemas socioambientais que atingem diretamente a população negra, além de garantir um dos direitos mais elementares para a sociedade, que é o direito à moradia.

Da Praia do Sossego, no município de Itamaracá, conheça a Casa de Sal!

Reportagem: Victor Lacerda
Captação de imagem e edição: Débora Oliveira
Finalização: Yago Rodrigues
Arte: Dora Lia
Supervisão: Lenne Ferreira