Casal é agredido em São Fidélis após acusação de suposto estupro viralizar nas redes sociais; Polícia investiga

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um casal teve a casa invadida e foi agredido na noite de segunda-feira por moradores de São Fidélis, no Norte Fluminense, após uma acusação de estupro contra eles viralizar nas redes sociais. Publicações compartilhadas no WhatsApp e Facebook afirmavam que a mulher teria autorizado o namorado a cometer o crime de violência sexual contra a filha dela, de apenas sete anos. Ainda não há qualquer comprovação sobre o suposto crime. A polícia investiga o caso.

De acordo com a Polícia Militar, agentes do 8ºBPM (Campos dos Goytacazes) foram acionados para o bairro Vila dos Coroados após receberem a informação de que uma residência estava cercada por um grupo de pessoas. De acordo com o portal "SF Notícias", moradores invadiram e depredaram a casa onde vive o casal, que fugiu para a residência de um vizinho. O homem teria sido espancado.

A PM informou que o casal foi levado pelos agentes a uma unidade de saúde para examinar ferimentos. Vídeos mostram que um grande número de pessoas cercou o Hospital Armando Vidal, aguardando pela saída da dupla e o reforço policial no local. Após oatendimento médico, eles foram conduzidos para a 141ª DP, onde outro grupo também se juntou na frente da unidade.

Em nota, a Polícia Civil disse que foi instaurado um procedimento policial para apurar o suposto crime. Todos os envolvidos na ocorrência foram ouvidos na unidade e diligências estão em andamento para esclarecer o caso.