Casal é surpreendido por 'bolo de reprodução' de sucuris no Rio Paraná; veja vídeo

Um casal que estava numa embarcação às margens do Rio Paraná, em Altônia, flagrou várias sucuris juntas. O vídeo foi compartilhado nas redes sociais e mostra um 'bolo' de cobras emaranhadas.

Vanderlei Cortez Kassaro, de 53 anos e a esposa Lúcia Ferreira Kassaro, de 55, contou ao Portal Catve que estavam indo pescar, no último sábado, quando foram surpreendidos pelos animais. Nas imagens, a mulher se diz com medo pela quantidade de cobras.

— Olha quanto. Vai, estou com medo. Vanderlei, você está indo muito perto, estou com medo. Ela está criando — respondeu a mulher, que acreditava ser uma família de sucuris. No entanto, segundo especialistas, as sucuris fêmeas atraem diversos machos da região e formam esses "bolos" de reprodução.

A espécie é considerada a maior serpente em volume corpóreo do mundo. E em comprimento ela só perde para a píton-reticulada (Malayopython reticulatus). Ela pode atingir até sete metros e pesar mais de 130kg.