Com bandeira do Brasil, mulher aponta arma para petistas em SP

Casal aponta arma para petistas em bairro nobre de São Paulo - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Casal aponta arma para petistas em bairro nobre de São Paulo - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um casal foi flagrado hostilizando um grupo de petistas, na noite de domingo (30), após a confirmação da vitória do candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para presidente.

No vídeo, que circula nas redes sociais, o casal aparece com uma bandeira do Brasil pendurada na janela do carro e aponta uma arma para os eleitores do petista em São Paulo.

É possível ver nas imagens que o casal está dentro de um carro vermelho. Com o vidro da janela abaixado, a mulher coloca metade do corpo para fora e começa a xingar os eleitores de Lula, que estavam comemorando a vitória do petista.

A mulher aparece com a bandeira do Brasil em uma das mãos e, com a outra, faz o número dois — número de urna do candidato Jair Bolsonaro (PL), que era 22 —, ao mesmo tempo que grita “Bolsonaro”.

Em seguida, a mulher xinga os petistas que comemoram na rua. Um homem arranca o pano da mão dela, que pega outra no chão do veículo.

A mulher ainda tenta bater em um homem sem camisa, que está acompanhado por outro vestido com uma blusa vermelha. A mulher, de identidade não identificada, faz uma arma com a mão e simula um tiro e tenta, novamente, dar um tapa nos petistas, quando é puxada pelo motorista, que aparece na janela empunhando uma arma.

Além do casal, uma criança também pode ser vista no banco de trás do veículo. O caso aconteceu na avenida Professor Alfonso Bovero, no Sumarezinho, zona oeste de São Paulo.

Nas redes sociais, pessoas que presenciaram e filmaram o momento tentam achar os envolvidos.

A Polícia Civil informou que nenhum boletim de ocorrência foi realizado sobre o caso.