Casal avalia empresa com uma estrela no Google e é processado em US$ 112 mil

·2 minuto de leitura
UKRAINE - 2021/01/22: In this photo illustration, a Google logo seen displayed on smartphone. (Photo Illustration by Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Casal que fez avaliação no Google é acusado de difamação e interferência intencional nas expectativas de negócios (Fotoilustração por Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Casal avaliou empresa de conserto de telhados com uma estrela no Google

  • Companhia processou os dois e pede US$ 112 mil em indenização

  • Caso aconteceu nos Estados Unidos

Um casal de Washington, nos Estados Unidos, levou um susto depois de avaliar uma empresa, a ERS (Executive Roof Service), com uma estrela no Google. Autumn Knepper e Adam Marsh se depararam com uma ação em que a companhia pede US$ 112 mil (cerca de R$ 579,5 mil na cotação atual), acusando os dois de difamação e interferência intencional nas expectativas de negócios. As informações são do site Newsweek.

Leia também:

"Honestamente, chorei imediatamente. Fiquei apavorado. Não posso pagar um advogado. Não posso pagar US$ 112 mil. E não posso, não quero pedir falência", disse Knepper.

Como aconteceu

Tudo começou quando o casal teve um problema no telhado e precisou procurar ajuda. A empresa em questão chegou a enviar um funcionário para consertar o vazamento, mas, ao precisar falar com a ERS, a recepcionista teria sido rude. Além disso, a companhia não teria dado continuidade aos serviços iniciados.

“Ela se recusou a me dar qualquer informação. Pedi para falar com o gerente e ela riu de mim. Me disse que estava abusando dela verbalmente, que ela era a gerente do escritório, e desligou na minha cara”, afirmou Knepper.

Technician man hand using glue gun with silicone adhesive or manual caulking gun with polyurethane to seal the leak on the roof. Installing and building construction concept.
Problema começou quando casal teve um vazamento no telhado e procurou a empresa

Depois disso e da avaliação negativa, os dois foram contatados pelo dono da ERS, Michael Mecham, que pediu retirassem a crítica antes que “mais danos fossem causados”. "Ele me disse que sabia onde eu morava [...] e que ficaria feliz em gastar cem mil dólares me processando", contou Knepper. O casal procurou a polícia depois disso e as autoridades solicitaram que Mecham para não procurasse mais os dois.

Depois disso, advogados entraram em contato para exigir a retirada da avaliação de uma estrela. Segundo um dos defensores legais da empresa, o processo não é realmente sobre as críticas negativas, mas sobre eles terem prejudicado “intencionalmente a ERS ao postar comentários de uma estrela”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos