Casal de idosos é morto a facadas por ex-genro no Rio de Janeiro

Filho do casal morto a facadas prestou homenagem nas redes sociais. (Foto: Reprodução)
Filho do casal morto a facadas prestou homenagem nas redes sociais. (Foto: Reprodução)

Um casal de idosos foi morto a facadas na madrugada deste sábado (25) em um condomínio no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio de Janeiro. De acordo com a apuração do G1, o namorado do filho do casal teria matado o sogro e a sogra por ciúmes.

O Corpo de Bombeiros recebeu um pedido de socorro pouco depois da meia noite. Ao chegarem no local, os bombeiros encontraram os idosos já mortos e um homem inconsciente, apontado pela polícia como suspeito do crime.

Os idosos foram identificados como Geraldo Coelho, 73 anos e Osélia Coelho, 72 anos. Os corpos deles foram levados para o Instituto Médico-Legal, no Centro do Rio.

O suspeito do crime é oficial da Marinha e se chama Cristiano Lacerda, de 40 anos. Ele foi encaminhado inconsciente para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde permanecia sob custódia policial. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde dele é estável.

De acordo com a Polícia Militar, os corpos de Geraldo e Oséllia estavam em cima de um sofá cama, na sala do imóvel. Dentro de uma cama box aberta, foi encontrada uma faca ensanguentada e uma garrafa de bebida. No apartamento também foram encontradas caixas de medicamentos, seringas e receitas de remédios controlados em nome de Cristiano.

A Divisão de Homicídios, que apura o caso, afirmou que Cristiano estava em processo de separação do namorado, Felipe Coelho, mas ainda residia no mesmo apartamento. Felipe teria ido sozinho a uma festa e deixado os pais no apartamento junto com Cristiano que, supostamente motivado por ciúmes, atacou os idosos.

Felipe postou uma foto homenageando os pais em sua rede social. Na legenda, ele diz: "Pra sempre juntos, nos braços do Pai. Meus amores eternos. Nada vai apagar esse amor. Te amo, pai. Te amo mãe".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos