Casal em carro de luxo é sequestrado na porta de motel em SP

Casal foi sequestrado e viveu horas de terror em Santos - Foto: Getty Images
Casal foi sequestrado e viveu horas de terror em Santos - Foto: Getty Images
  • Casal foi sequestrado quando se preparava para entrar em um motel na cidade de Santos

  • As vítimas permaneceram a madrugada sob domínio dos bandidos

  • O homem e sua esposa só foram liberados às 4 horas do dia seguinte

Um casal foi vítima de um sequestro-relâmpago em Santos, litoral de São Paulo, quando se preparava para entrar em um motel no bairro Encruzilhada.

De acordo com informações do g1, as vítimas estavam em um carro de luxo, um Jaguar, quando foram abordadas por uma quadrilha de nove pessoas.

O casal, que não teve a identidade revelada, decidiu ir ao motel após deixar uma festa infantil na região. Quando parou na guarita para fornecer seus dados, porém, foi abordado por uma quadrilha de nove pessoas.

Quatro criminosos armados abordaram o marido e o obrigaram a descer do veículo, enquanto outros cinco estavam em um carro logo atrás, para impedir qualquer possibilidade de fuga.

“Colocaram meu marido no banco de trás. Eu desci achando, sei lá, que queriam apenas levar o carro. Aí, me jogaram para dentro do carro”, disse a mulher ao g1.

Levados para um morro

A vítima explicou que o casal permaneceu um longo período no veículo, obrigado a permanecer com a cabeça baixa para não ver o caminho tomado pelos bandidos.

O marido e a esposa foram levados para um morro, onde os bandidos os obrigaram a descer do carro e seguir a pé por uma zona de mata.

“Gritaram para a gente: ‘Desce, desce!”. Uma parte seguiu acompanhando a gente, subindo o morro a pé. Mas não podíamos enxergar nada, sequer levantar a cabeça. Foi quando nos encapuzaram. E a gente em um matagal, com mato até o joelho. Subimos e descemos por um bom tempo”, lembrou a vítima.

Os criminosos vasculhavam o celular do homem, que ia passando as senhas de aplicativos para que sacassem o dinheiro. Em certo momento, porém, a quadrilha entrou em conflito, porque parte dos bandidos, que havia conseguido a verba por meio das transferências, fugiu, deixando a segunda parte para trás.

Separação e reencontro

O restante da quadrilha, então,  decidiu separar o casal. Enquanto dois integrantes foram à residência das vítimas com o rapaz, onde pegaram joias e diversos objetos de valor, outros dois permaneceram no morro com a mulher.

“Por sorte, quando eles chegaram ao apartamento, nossas filhas haviam sido levadas por minha irmã poucos minutos antes. Os funcionários do motel avisaram a Polícia, informando o número da placa do nosso carro, e ela passou a acompanhar o caso”, relatou a esposa.

O casal só se reencontrou por volta das 4 horas, quando ambos foram liberados pelos bandidos em um posto de combustíveis na Avenida Waldemar Leão. O carro das vítimas foi encontrado em uma praça, no bairro Saboó.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos