Casal francês é preso tentando furtar 40 quilos de areia de praia italiana

Praias da Sardenha têm sido alvo de furtos de elementos como areia, conchas e pedras - Foto: REUTERS/Alessandro Bianchi

Um casal de turistas franceses foi preso na Itália por ter tentado embarcar com dezenas de quilos de areia branca das disputadíssimas praias da Sardenha no sul italiano. A história veio à tona no jornal "Corriere della Sera" no último dia 16.

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

A dupla utilizou 14 garrafas de plástico na tentativa frustrada, que acabou sendo desmarcarada pela polícia alfandegária durante o controle de bagagem. Os franceses foram flagrados cometendo a infração em uma balsa para Toulon, cidade portuária localizada no sul da França.

Leia também

De acordo com a imprensa local, a areia vinha de uma das praias "mais lindas do país". Os turistas disseram estar levando uma "lembrança" das férias, alegação que não convenceu as autoridades. Os policiais italianos explicaram que é proibido retirar areia das praias, devido ao papel importante que ela realiza no ecossistema, sendo considerado um "bem de utilidade pública". A punição para o crime vai de um a seis anos de prisão.

Por mais inusitado que pareça, há um crescimento de venda ilegal de elementos de praia. Areia, pedras e conchas, de acordo com o jornal italiano, são recolhidos nas praias para serem revendidos na internet por altos valores.

O código do Meio Ambiente na França proíbe essa prática com multas que podem chegar a mais de R$7 mil reais (cerca de 1.500 euros).