Casal ganha botijão de gás no chá de panela: "Presente de luxo"

·2 min de leitura
Casal ganha botijão de gás em chá de panela em Fortaleza
Casal ganha botijão de gás em chá de panela em Fortaleza
  • Um casal de Fortaleza ganhou um presente inusitado em seu chá de panela: um botijão de gás

  • Em protesto irônico pelo aumento do gás, os convidados quiseram dar aos noivos um objeto "de luxo"

  • Preço médio do botijão já ultrapassa R$ 100, segundo a ANP

O casal Aline Castro, de 29 anos, e Ismael Vasconcelos, de 32, ganhou um presente inusitado em seu chá de panela: um botijão de gás. Em protesto irônico pelo aumento do preço do item, os convidados acharam melhor dar aos anfitriões um objeto "de luxo", que já ultrapassa R$ 100, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

Em entrevista ao portal UOL, a analista de atendimento contou que precisou adiar o casamento com o contador, previsto para 2020, em razão da pandemia de coronavírus. Aos poucos, eles compraram "o básico do básico" para a casa nova, como dois pratos e dois copos, e esperaram o preço do gás diminuir.

No início de outubro, a dupla já tinha o mínimo, mas como o valor do botijão não baixou os dois foram se virando com panela elétrica e um grill. Uma tia de Aline percebeu a dificuldade e apareceu com o artefato na festa, realizada em Fortaleza.

"Eu não esperava mesmo. Minha tia me ligou algumas vezes insistindo na ideia de me dar o botijão, e eu falando que não precisava, por educação, porque sei que está caro. Até que no dia do chá ela apareceu toda acanhada e colocou na mala do meu carro para ninguém ver, mas eu quis mostrar para todos", descreveu Aline ao portal UOL.

Ela falou que o botijão custou à tia mais de R$ 200, acima do valor médio dos outros presentes (em torno de R$ 90). Entre os mimos, Aline recebeu jogo completo de jantar e de xícaras, algumas taças, toalhas e conjunto de roupa de cama.

"E, diga-se de passagem, quem deu presente nesse valor foram pessoas muito próximas e familiares. Se a gente olhar no atual cenário em que vivemos, o botijão foi um presente de luxo. Tem que achar graça. Fazer o que, né?", brincou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos